Chefe de facção criminosa que atua no Ceará é preso em Mossoró

Publicação: 2021-03-02 17:13:00
O chefe de uma organização criminosa, identificado como Luciano Costa da Silva, o "Farmácia", de 34 anos, foi preso em Mossoró nesta segunda-feira (1º). A prisão aconteceu dentro da terceira fae da Operação Quinto Mandamento, deflagrada pela Polícia Civil do Ceará na última sexta-feira (26).

De acordo com as investigações, Luciano se autointitulava "conselheiro geral" e era responsável pelas decisões da facção nos bairros de Bonsucesso e João XXIII em Fortaleza.

O criminoso foi encontrado em um apartamento alugado em Mossoró e não resistiu à prisão, mas tentou descartar um aparelho telefônico. Segundo a polícia, o aparelho foi recuperado e está sendo investigado.

Além disso, um veículo avaliado em R$ 120 mil foi apreendido no local.

Segundo a polícia, Luciano já tinha passagens por receptação, porte ilegal de arma de fogo e por integrar organização criminosa. “Esse indivíduo já era objeto de investidas policiais, sobretudo da Polícia Militar na região, desde o ano de 2018. A captura se deu após trabalharmos nesse nome, de forma integrada e com o intercâmbio de informações entre as duas instituições”, destacou Leonardo Barreto, diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).