Chegou a hora de ajudar O Planeta

Publicação: 2011-03-26 00:07:00 | Comentários: 2
A+ A-
Ricardo Araújo - Repórter

A noite deste sábado será, provavelmente, mais escura do que as habituais. Das 20h30min às 21h30min, em todo o mundo, as luzes dos principais monumentos e prédios públicos serão apagadas. O movimento mundialmente conhecido como ‘Hora do Planeta’ é promovido pela organização não governamental WWF (World Wildlife Fund – traduzindo significa Fundo Mundial da Natureza). Pelo terceiro ano consecutivo a ação tem como objetivo demonstrar, através da simplicidade do apagar das luzes, a preocupação mundial com o aquecimento do planeta Terra. Em Natal, pontos turísticos e comerciais terão luminárias  apagadas durante uma hora.

 De acordo com o secretário adjunto de Gestão Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), Eugênio Bezerra, Natal foi a quinta capital brasileira a aderir oficialmente ao movimento. “Este é o segundo ano que Natal participa da Hora do Planeta. Também participamos em 2010. Além de apagarmos as luzes de prédios, monumentos e pontos turísticos, promoveremos apresentações culturais sustentáveis”, afirmou.

 Luzes do Pórtico dos Reis Magos (na entrada da cidade), fachada do Palácio Felipe Camarão (sede da prefeitura), Torre do Parque da Cidade (em Candelária), Árvore de Natal e Reis Magos (Mirassol) e Machadão serão apagadas. As apresentações culturais sem uso de fontes de energia elétrica serão promovidas pela Fundação Capitania das Artes (Funcarte) no entorno da Árvore de Natal, em Mirassol, durante a Hora do Planeta.  Foram convidados os grupos Pau e Lata e a bateria da Escola de Samba Balanço do Morro, campeã do carnaval 2011.

 Os três maiores shoppings da cidade – Midway Mall, Praia Shopping e Natal Shopping – apagarão as luzes das fachadas e alguns lojistas irão utilizar velas para iluminar os estabelecimentos comerciais como forma de apoio ao movimento. O funcionamento dos serviços nos shoppings permanece inalterado.  Dos 167 municípios que compõem o Rio Grande do Norte, somente um, ale´m de Natal, aderiu ao movimento que foi Apodi.

 O Governo do Estado, porém, não assinou a adesão oficial ao movimento junto a WWF Brasil. O diretor técnico do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema RN), Jamir Fernandes, explicou que determinadas instituições do governo não podem aderir  devido à necessidade permanente de iluminação, como hospitais e delegacias. Afirmou, entretanto, que o órgão desenvolve ações permanentes de conscientização ecológica.

 Para a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú, a atitude de apagar as luzes durante uma hora é espontânea. Empresas, instituições e pessoas aderem preocupadas com o aumento da temperatura no planeta. “O gesto de apagar as luzes é simbólico e possível em todo o mundo, e nos une em torno da necessidade de preservarmos nosso planeta”, afirmou.

 A assessoria de imprensa da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), afirmou que a Companhia irá participar da Hora do Planeta apagando as luzes das sedes administrativas em Natal e no interior. As unidades operacionais permanecerão em atividade normal para que o abastecimento de energia não seja interrompido.

movimento

- Em 2010, mais de um bilhão de pessoas em 4.616 cidades, em 128 países, apagaram as luzes durante a Hora do Planeta.

- Em Natal, as luzes de prédios públicos, monumentos e fachadas de prédios comerciais serão apagadas. Nos shoppings, não haverá alteração no funcionamento ao público. Veja abaixo quais pontos participarão do movimento.

- Pórtico dos Reis Magos, na entrada de Natal;

- Árvore de Natal e Reis Magos, em Mirassol;

- Torre do Parque da Cidade, em Candelária;

- Fachada do Palácio Felipe Camarão (sede da prefeitura);

- Machadão (em Lagoa Nova);

- Fachadas dos shoppings Midway Mall, Natal  Shopping e Praia Shopping;

- Óticas Diniz;

- Tattoo Brasil do Praia Shopping.

eventos

- Em Ponta Negra, o bar Taverna Pub terá um decoração especial com velas durante a Hora do Planeta.

- Na praça da Árvore de Natal, em Mirassol, a bateria da Escola de Samba Balanço do Morro e o grupo de percussão Pau e Lata fará a animação dos presentes com instrumentos que não dependem de energia elétrica.

no mundo

 Centenas de ícones turísticos  serão  apagados, entre os quais a Golden Gate e o Empire State Building, nos EUA, a Cidade Proibida, em Pequim, a Torre Eiffel, em Paris, a Torre de Pisa, na Itália,  a catedral de Helsinki, o Palácio de Buckingham, em Londres, o Portão de Brandemburgo, em Berlim  e o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • thiagoffdearaujo

    A tentativa só será válida se houver a garantia de segurança pública nesses horários. Estamos entregues à bandidagem, concordo com a iniciativa, mas, a população( e turistas) não poderão pagar o preço de possíveis assaltos e arrombamentos( de casas, caixas-eletrônicos), sequestros, estupros, etc. Natal e adjacências estão sofrendo com as gestões incompetentes.

  • dannydanielle

    M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!!!! Parabéns a cidade do Natal pela participação no movimento!!! O mundo precisa de atitudes como essa... Sustentabilidade, essa é a palavra!!! Eu participei da hora do planeta!!! =)