Chineses voltaram a falar na fábrica de placas voltaicas

Publicação: 2019-07-21 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Roda Viva - Cassiano Arruda

Fátima

Lembram da fábrica de placas voltaicas, para produção de energia solar, que seria instalada no município de Extremoz pelo grupo Chinês Chint Eletrics, num investimento estimado em R$ 112 milhões, com uma expectativa de oferta de 1.300 empregos?

Este grupo apareceu por aqui, depois de maio de 2017, após uma visita do governador Robinson Faria à China e foram assinados inúmeros protocolos, inclusive a doação de um terreno para a construção da fábrica pelo empresário Paulo de Paula.

Este mês com a visita  da Cônsul Geral da China no Brasil, Yan Yuping, liderando cerca de trinta pessoas, entre funcionários e empresários descobriu-se a presença de um diretor da Chint Eletrics e o pessoal do Governo do Estado restabeleceu o diálogo.

Em curto prazo deverá haver uma reunião, em Natal, para se tentar a retomada do projeto. E os chineses vão chegar cheios de moral: Ele fizeram a doação de uma estação geradora de energia solar ao CTGás. E o equipamento se encontrava no Porto de Natal.

Nevaldo Rocha

APOSENTADO PADRÃO FESTEJA HOJE 91 ANOS
O empresário Nevaldo Rocha festeja, neste domingo, os seus 91 anos de idade, lúcido e fagueiro, sem ocupar nenhum cargo em Confecções Guararapes, a maior empresa do Rio Grande do Norte, que ele fundou em meados do Século passado.

O fato de não ocupar nenhum cargo na empresa, e tendo doado as suas ações aos três filhos - Flávio, Liziane e Hélvio - não reduziu o seu interesse pelo negócio, nem  a sua presença na vida da companhia.

Seu Nevaldo continua comparecendo diariamente à indústria de confecções no Distrito Industrial de Extremoz, onde continua almoçando diariamente no Bandejão, juntamente com seus empregados.

Nevaldo Rocha nasceu no sítio Pai Mateus, no município de Caraúbas de onde arribou com 12 anos, para estudar na capital. Pretendia ver a mulher do governador Rafael Fernandes, sua madrinha. Na Vila Cincinato, a residência oficial do Governador,  no dia que chegou conheceu um comerciante judeu, que o contratou para ajudar na limpeza da loja e estudar, morando na sua casa.

Quando se estuda a economia do Rio Grande do Norte, o nome de Nevaldo Rocha se ombreia aos do senador João Câmara e do desembargador Tomaz Salustino. Câmara criou uma empresa com o seu nome, que atuou em todas as regiões do RN, liderando o mercado de algodão, na compra, beneficiamento e exportação. Salustino também botou  o seu nome na empresa de mineração, que produziu  scheleeta (tungetênio), estratégico na época da Segunda Guerra. - Nevaldo criou Confecções Guararapes.

ÚLTIMA CHANCE PARA FÁTIMA DEFINIR RUMO
O resultado da votação da Reforma da Previdência na Câmara Federal, reduziu muito a margem de manobra de quem está contra a medida, como é o caso da governadora Fátima Bezerra e dos outros governadores do Nordeste. Como a matéria aprovada cobre, apenas, a situação dos funcionários públicos federais; Estados e Municípios terão de apresentar seus próprios projetos, com os inevitáveis desgastes. Deixar como está para ver como fica é pior. O deficit anual no RN com Previdência é de R$ 1 bilhão. Ou seja: dentro de um ano nenhum aposentado vai receber nada porque não se tem de onde tirar o dinheiro. E sem dinheiro não tem como pagar...

IMPOSTO ÚNICO E A PRAGA DO MAIS UM
No final dos anos ´80, quando o deputado Flávio Rocha encampou o projeto dom professor Marcos Cintra, com a troca de todos os impostos por um único cobrado sobre a emissão de cheques, enfrentou a praga de se transformar em mais um imposto, obrigando Flávio a combater a ameaça, mostrando várias salvaguardas.

Aliás como aconteceu com a CPMF, que terminou sendo derrubado pelo Congresso. Mesmo com o cheque ameaçado pelos próprios bancos que querem levar sua clientela para as transferências eletrônicas e cartões.

Agora o senador Flávio Bolsoro assume a ideia encampando a tese do Instituto Brasil 200, criado por Flávio reapresentando o projeto para substituir, apenas, o PIS, IOF, IPI e confins. Cupre-se a maldição de mais um imposto...

SEGUNDA MAIS VOTADA PARA  CÂMARA AMANDA MUDOU-SE
Tem alguma notícia da ex-vereadora Amanda Gurgel, a mais votada para a Câmara de Natal em todos os tempos na eleição de 2012, , com cerca de 32.8119 votos (8.59% dos apurados) pela legenda do PSTU, que puxou mais dois eleitos com sua votação?

No ano passado,  foi a segunda mais votada com 8.002 (perdendo, apenas, para Raniere Barbosa)  sulfrágios, e não se elegeu porque seu partido não conseguiu atingir o quociente eleitoral.

Depois de cumprir seu mandato, Amanda decidiu ensarilhar as armas e  mudou-se para o Rio Grande do Sul.

Outra guerreira política, a ex-prefeita Micarla de Souza também mudou-se. Fixou residência em Santa Catarina, acompanhando os filhos.

Amanda Gurgel

O MORDOMO, O CONHAQUE E O PRESIDENTE DA REPÚBLICA
 Quando  Afonso Pena, se preparando para assumir a Presidência da República, em Junho de 1903, fez  uma viagem de Trem, de Salvador a Natal (fazendo os trechos do Rio a Salvador e de Natal a Fortaleza, Rio Amazonas e Santos de navio), além de São Paulo Rio. Uma das melhores estórias do folclore político, aconteceu na parada de Nova Cruz com o Mordomo do governador Tavares de Lyra que tornou-se íntimo do Presidente. Depois descobriu-se pelo seu estoque de conhaque que lhe valeu um empregão no Porto de Santos. - Sebastião Nery, chamou de Ancântara; e Sanderson Negreiros, de Benevides.

CARRO ADIANTE DOS BOIS
Na chamada "herança maldita" recebida pelo Governo Fátima Bezerra existem 1.300 aparelhos de ar condicionado, novinhos, ainda nas caixas, que foram adquiridos pela Secretaria da Educação para melhorar as condições dos alunos da rede estadual de ensino nas suas salas de aula.

Trata-se de antiga reivindicação dos estudantes, mas do jeito que o assunto foi encaminhado só fez piorar a situação do Governo.

O problema é que, praticamente, nenhuma das escolas contempladas com os condicionadores de ar não dispõe de instalação elétrica trifásica, condição "sine qua" para ganharem o equipamento, e na hora que o Governo tentou uma parceria com a Cosern  está estima em seis meses o tempo mínimo para concluir o serviço, É o que se chama de botar o carro adiante dos bois...

SUDERJ INFORMA: SAI JOÃO DEUS;  ENTRA JOSÉ HILSON
Como se dizia antigamente no Maracanã: SUDERN INFORNA:

- Sai João de Deus; entra José Hilson de Paiva.

Trata-se do ex-Prefeito de Uruburetama, Ce, já expulso dolo PCdoB, e preso por suspeita se abusos de mulheres no seu consultório de obstetra, assim como João de Deus.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários