Chuvas continuam até domingo

Publicação: 2019-05-09 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A previsão é de mais chuvas em Natal no decorrer da semana. Da manhã da última terça-feira (7) até a manhã de ontem (8), choveu aproximadamente 55mm na capital potiguar, segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). Além disso, as condições climáticas seguem favoráveis para mais chuvas até domingo (12).

De acordo com o meteorologista Gilmar Bristot, o bloqueio atmosférico que estava presente sobre o Nordeste diminuiu de intensidade. “Associado ao aumento da temperatura das águas superficiais do Oceano Atlântico, que libera mais umidade, temos uma condição favorável para a ocorrência de chuvas em todo o RN nos próximos dias”, disse.

Isso acontece porque a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) se intensifica e contribui para formação de instabilidade, provocando chuvas mais fortes. Da segunda-feira (6) até esta terça (7) foram registradas fortes chuvas na mesorregião Leste, com 35,4 milímetros, em Extremoz; em Parnamirim (Base Física da Emparn), 28,2mm; São Gonçalo do Amarante (Base Fisica da Emparn), 25,0mm; Maxaranguape, 22,5mm; Ceará-Mirim, 21,5mm; Goianinha, 19,2mm e Natal, 18mm. Choveu ainda em outras regiões do Estado, como João Câmara e Parazinho, no Agreste potiguar.

Nesta quarta, a previsão é de chuva a qualquer momento em Natal e Parnamirim, com chuvas de até 24mm. Deve ocorrer maior concentração de precipitações também nas regiões Central (Vale do Assú) e Médio Oeste até sexta-feira. Já no final de semana, as chuvas voltam a atingir com mais intensidade as regiões Leste e Agreste do Rio Grande do Norte. Em Mossoró, no Oeste pancadas de chuvas rápidas à tarde e à noite nos próximos dias. Em Currais Novos, na região Seridó, chuvas menos intensa nos próximos dias, para esta quarta, precipitações de até 11mm estão previstas. Na cidade vizinha, Caicó, chove um pouco mais ao longo da semana.

A Emparn chama a atenção que a distribuição de chuvas pode acontecer de forma irregular, por exemplo, chove numa localidade, e na localidade vizinha pode não chover.







continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários