Chuvas no Ceará

Publicação: 2018-12-06 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ontem, abrimos a coluna com as chuvas do Piauí, que inundam cidades por lá. Chuvas que caem derna de novembro, intensificando nestes últimos dias. Hoje, abro o espaço para as chuvas de ontem no Ceará. Vejo no mapa da Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia) que choveu em todos os municípios cearenses (menos em dois) que fazem divisa com o Piauí. Ao todo são 20 municípios, pegando as regiões do Litoral Norte, Ibiapaba e Sertão Central e Inhamuns. Chuvas anotadas na manhã de ontem. Chuvas fortes, duas delas de 100 milímetros (municípios de Ubajara, 102, e Ipueiras, 100, ambos da região de Ibiapaba).

As outras chuvas maiores foram em Ibiapina, 96 milímetros, Santa Quitéria (região do Sertão Central), 86, Tianguá (Ibiapaba), 86, Uruoca (Litoral Norte), 63, Independência, 63 e Crateús, 62, ambos na região do Sertão Central. Na região da Ibiapaba choveu ainda em Poranga, 53 milímetros, Reriutaba, 49, Ipaporanga e Ararenda, 47, Croatá, 46, Nova Russas, 41 e Mocambo, 40. No Litoral Norte tem Granja com 60 milímetros e Moraújo, 24. Na região do Cariri, as melhores chuvas foram em Aurora, 17, Lavras da Mangabeira, 16 e Cedro, 12. Ao todo choveu em 64 municípios.

A Funceme tem previsão para mais chuvas hoje e amanhã.

O Diário do Nordeste, de Fortaleza, deu esta manchete: “Chuva no Ceará: riacho transborda em Uruoca, e Ubajara registra 102 milímetros nas últimas 24 horas”. No meio da matéria, com o título de “Chuva da Pré-Estação”, o jornal adiantou esta explicação:

- Além da continuidade da ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul), Funceme identifica, por meio de análise de imagem de satélite e previsão de modelos numéricos, a presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) sobre o oceano Atlântico e próximo à costa leste do Nordeste. Assim como o Cavado de Altos Níveis (CAN) observado no último fim de semana, áreas de nebulosidade e, consequentemente, chuvas são proporcionadas na área da borda deste sistema. Ambos os sistemas são típicos da Pré-Estação, que vai até o final de janeiro no Ceará.”

No Piauí
O jornal O Dia, de Teresina, publicou esta manchete na edição de ontem: “Municípios do Piauí estão sob risco de tempestades de raios e chuvas”. A notícia começa assim:

- O período chuvoso iniciou com força no Piauí, que teve 224 municípios classificados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) com áreas sob risco de tempestade e chuvas intensas. No nível de alerta emitido pelo instituto, a quase totalidade do território piauiense se situa em “Aviso de Atenção”, o que significa que há risco moderado para ocorrência de fenômenos meteorológicos adversos dentro das próximas 72 horas.

- Dentre os fenômenos listados encontram-se tempestades de raios entre ás 08h30min e ás 23h59min desta quarta; chuvas intensas, entre ás 8h de manhã e a meia noite de quinta-feira (06) e acumulada de chuva entre ás 8h30m e ás 23h59 de amanhã. O alerta emitido para a capital piauiense inclui ainda a ocorrência de pancadas de chuva, que localmente serão de forte intensidade.

Isso significa dizer que a probabilidade de chuva forte nos próximos quatro dias nos 222 municípios chega aos 90%.
A maior chuva  Outra notícia piauiense que eu li num dos blogues de Picos:

- A chuva dessa terça-feira (04), que teve início por volta das 03h42, é, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) a maior dos últimos 15 anos, registrado em Picos: 140 milímetros. Foram 16 horas seguidas.

Cenário Rural
Promovido pelo sistema Faern/Senar-RN, acontece hoje à noite, no Boulevard Recepções, o IV Seminário Cenário Econômico e Político para o Setor Rural em 2019, tendo como palestrante o ex-ministro da Agricultura, Alysson Paolinelli. Começa ás 19 horas.

Na ocasião haverá a entrega da Medalha do Mérito Rural Senador Moacyr Duarte. Este ano foram agraciados na categoria política, o secretário de Agricultura do Estado, Guilherme Saldanha, o professor-doutor Adriano Rangel (Escola Agrícola e Jundiaí), na categoria Científica, o empresário João “in memorian”), categoria Produtor Rural e este anotador de chuvas, na categoria Jornalista.

Mais medalha 
O Tribunal de Contas do Estado realiza amanhã a sessão especial (10h30) da entrega da Medalha do Mérito Governador Dinarte Mariz. Entre os agraciados, “in memorian”, o governador Cortez Pereira.

Hermano 
O Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Estado elegeu, ontem, o deputado Hermano Morais, do MDB, como o Parlamentar do Ano. Dos 36 votantes, teve 24 votos. Em segundo lugar ficou o deputado Fernando Mineiro, do PT, com 4 votos.

Atraso 
O vice-governador eleito Antenor Roberto, do PCdoB, fez declarações afirmando que os salários atrasados do funcionalismo estadual são da responsabilidade do governador Robinson Faria.

Mestre Gaspar ao saber, ontem à tarde no balcão do Cova da Onça, de tais afirmações, disse para roda que o senhor Antenor Roberto cometeu um equívoco. O atraso dos salários não é uma “responsabilidade” do governador. É, sim, uma “irresponsabilidade”. Em qualquer idioma ou dialeto. 

Política 
Deu na coluna BR18, do Estadão:

- O senador Magno Malta (RR) andava afastado dos holofotes desde que se convenceu de que não faria parte do governo de Jair Bolsonaro. O político se isolou em um sítio da família e deixou o celular fora de área. Após não ser convidado para ser ministro, o senador declarou em entrevista ao site ‘The Intercept Brasil’ que não pretende mais participar da vida política.

- Vai se dedicar ao seu projeto de recuperação de viciados em drogas e seguir a carreira de músico gospel. “A amizade não vai acabar porque durante dois meses da eleição em achava que ia ser ministro e eu não fui ministro. ” 



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários