Chuvas no RN

Publicação: 2013-04-25 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ontem já houve um ensaio. A partir de hoje deve chover forte no litoral nordestino, segundo previsão da  Climatempo.  “Todas as capitais do Nordestepodem voltar a ter problemas com chuvas fortes e volumosas”, diz o boletim.  Até uns dez dias atrás, o Rio Grande do Norte tinha todos os 167 municípios em crítico de abastecimento de água. Mas a situação começou a mudar a partir do final da semana passada quando uma frente fria formada no Atlântico atuou fortemente no semiárido nordestino. No RN, os municípios com maior volume de chuvas este ano são os seguintes: Campo Grande 497,4 milímetros; Martins 494,4; Major Sales 453,6; Frutuoso Gomes 435; Serrinha dos Pintos 407,5, São Francisco do Oeste 393;  Viçosa 385,6;  Serrinha dos Pintos 384,5, Itaú 384, Mossoró 352,1 e Luís Gomes 342. Essas medições não incluem as chuvas de ontem. Em Caraúbas, segundo informações de internautas, o Açude Grande começou a sangrar.

Análise mensal
De acordo com a Emparn, nenhum município potiguar  atingiu a média histórica de chuvas, que no semiárido fica em torno de 600 milímetros. Mas se levar em conta apenas as ocorrências em abril, teríamos o seguinte quadro: Muito Chuvoso dois municípios - Campo Grande e Mossoró; Chuvoso cinco municípios, entre eles Martins e Major Sales; Normal 25 municípios, sete dos quais no Seridó; Seco 29 e Muito Seco 58, a maioria no Agreste e faixa litorânea, cujo inverno está começando agora.

Concurso
O Ministério do Planejamento autorizou  abertura de concurso público com 440 oportunidades de níveis médio e superior para o IBGE. A remuneração para pesquisadores varia de R$ 6.557,47 a 8.328,97, de acordo com a titulação do candidato.

Tecnologistas receberão entre R$ 5.909,63 e R$ 7.409,29. Analistas terão vencimentos de R$ 5.909,63 a R$ 7.409,29. Já o salário inicial de técnico beira os R$ 3 mil.  Haverá vagas para o Rio Grande do Norte, mas falta definir a quantidade.

Treinamento 
Clientes da Rui Cadete Consultores participam hoje do treinamento gratuito sobre as novas regras da desoneração da folha de pagamento.

Inflação de abril
Apesar da desaceleração de preços no grupo alimentação, o Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) manteve a projeção de 0,29% para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de abril.

Imóveis
A Cyrela Plano&Plano comemora o sucesso do 1º Feirão de Imóveis Prontos para Morar, realizado no último fim de semana. No total, 60 apartamentos vendidos e faturamento de R$ 15 milhões.

Em queda
A atividade na indústria da construção completou em março um ano sem crescimento. O nível de atividade do setor caiu pelo quinto mês consecutivo, com indicador de 48,9 pontos no mês passado, puxado pelas pequenas e médias empresas. As informações são da Sondagem Indústria da Construção, divulgada ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).  O desaquecimento da indústria da construção – aponta a pesquisa - fica claro no indicador de atividade em relação ao usual, que está abaixo dos 50 pontos desde maio de 2012. Em março último, atingiu 45,2 pontos, o menor nível da série. Com cenário incerto para os próximos meses, a CNI não avista sinais de reversão.

Empreendedor
 O Sebrae promove hoje o pré-lançamento da 8ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor durante Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável,   em Brasília.

Vendas
As vendas relacionadas ao Dia das Mães em shopping center devem crescer 6% neste ano. Essa pelo menos, é a expectativa da Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop).

Tempos difíceis
No interior já se fala em atraso no pagamento de salários nas prefeituras. Uma delas seria Cerro Corá, mas o prefeito Raimundo Borges, o Novinho (DEM), nega que isso esteja ocorrendo, apesar de reconhecer que a situação é difícil. Ele lembra que a arrecadação não acompanhou o ritmo de correção do salário mínimo e do piso dos professores nos últimos anos. De janeiro até 20 de abril deste ano, a prefeitura recebeu R$ R$ 2,6 milhões do Fundo de Participação e ficou com apenas R$ 1 milhão para livre movimentação. O prefeito disse ontem que a folha salarial de Cerro Corá é de R$ 900 mil.

Celular 
A Tim vai investir R$ 40 milhões na ampliação e melhoria dos serviços no Rio Grande do Norte. A informação foi dada pela diretoria da empresa ao presidente da Câmara, Henrique Alves. Ele disse que o sinal da operadora, que detém um terço do mercado de telefonia celular no RN, está presente em 103 dos 167 municípios.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários