Ciclo de todas as artes

Publicação: 2017-10-27 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ramon Ribeiro
Repórter

Uma programação que engloba ações nas mais diversas áreas culturais, como música, literatura, artes cênicas, audiovisual, arte urbana, gastronomia, patrimônio histórico. Assim será o Natal em Natal 2017, lançado pela Prefeitura de Natal nesta quinta-feira (26) em café da manhã para convidados. Aliando atrações locais e nacionais, o calendário do Natal em Natal vai de novembro até a primeira quinzena de janeiro de 2018, passando pelo aniversário da cidade, réveillon, a festa de Santos Reis e muitos outros eventos específicos, como a Parada do Orgulho LGBT, Festival Dosol, Um Presente de Natal e Ribeira 360º.

O múltiplo Tom Zé participa da abertura do Festival Literário de Natal e faz show na quarta-feira, dia  8
O múltiplo Tom Zé participa da abertura do Festival Literário de Natal e faz show na quarta-feira, dia 8

Em seu discurso, o prefeito Carlos Eduardo destacou o crescimento do calendário do Natal em Natal ano a ano e ressaltou importância financeira do evento para a economia da cidade. “No ano passado foi movimentado cerca de R$ 80 milhões durante o Natal em Natal, segundo a pesquisa da Fecomércio. Ainda segundo a pesquisa, no carnaval deste ano foram mais R$ 40 milhões. Somados, são R$ 120 milhões injetados na economia da cidade durante o período. Gerando emprego e renda para o turismo e outros setores”, disse o prefeito.

Secretário de cultura do município, Dácio Galvão contou que no Natal em Natal estão sendo investidos aproximadamente R$ 5 milhões, dentre recursos próprios e patrocínios da iniciativa privada. “A situação financeira da cidade não é das melhores, mas sabemos da importância do Natal em Natal. Por isso pensamos em estratégias econômicas, como a decoração natalina. O design foi remodelado, mas reaproveitando os materiais do ano passado”, comenta o gestor.

Dentre os destaques da programação deste ano, Dácio cita a maior integração com eventos já consolidados e em crescimento na cena cultural e o circuito na Zona Norte, uma novidade no calendário de 2017. “Só na Zona Norte devem participar da programação cerca de 200 artistas da cidade, seja da música, dança, grafite”, diz o secretário.

Além da Secretaria de Cultura, o Natal em Natal conta com a participação das Secretarias de Turismo, Mobilidade, Segurança, Saúde, Comunicação, Educação, Limpeza Pública e Serviços Urbanos, além do apoio ou patrocínio de empresas UNI-RN, UniNassau, Ecocil, Drogasil, Grupo Vila, Banco do Brasil, Fecomércio, Senac, Sesc, CDL, Unimed, Cei Romualdo, LA Hotels, Arena das Dunas e Grupo 3 Corações.

Nóbrega encerra Festival Literário e lembra Ariano
Nóbrega encerra Festival Literário e lembra Ariano

Festival Literário
Um dos principais momentos do Natal em Natal, o Festival Literário de Natal (Flin) acontece entre os dias 8 e 11 de novembro, na Praça Augusto Severo, na Ribeira, com entrada gratuita. Na programação, palestras e bate papos com nomes como Capinan, Zuenir Ventura, Edney Silvestre, Marcelo Rubens Paiva, Jaguar, André Dahmer, o mossoroense recém-empossado na Academia Brasileira de Letras, João Almino, além de Tom Zé e Antônio Nóbrega, que tanto vão conversar com o público como vão apresentar shows musicais. Os dois se apresentam na quarta e sexta-feira, respectivamente.

Dentro do evento literário também acontece o Festival de Violeiros, com apresentações de cultura popular, poesia oral e shows com nomes como Ivanildo Vilanova, Raimundo Caetano, Amâncio Sobrinho, Raimundo Nonato e Nonato Costa, dentre outros. O Flin também marca o retorno da revista Brouhaha, que deixa de ser apenas uma publicação impressa para se tornar um veículo de convergência de mídias.

Festival de Cinema
Para otimizar as ações no segmento audiovisual potiguar, a prefeitura lança neste ano o projeto Cine Sol. A ação une o Festival de Cinema de Natal (FestNatal), Festival Cine Natal (com os curtas produzidos com recursos do edital municipal), Festival Goiamum Audiovisual, Festival Urbano Cine e Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI). A programação vai de novembro a dezembro, com oficinas, fóruns, bate papos, exibições de produções nacionais e locais, além de homenagens. Estão confirmados o cineasta Paulo Caldas (“Baile Perfumado”), lançando seu filme “Saudade”, em primeira mão. O polivalente diretor João Falcão, conhecido por sucessos como “O Auto da Compadecida”, “Lisbela e O Prisioneiro” e “Os Normais”. Além das diretoras Carla Camurati, Laís Bodansky e a atriz nordestina Zezita Matos.

Circuito Zona Norte
Novidade nesta edição do Natal em Natal, o Circuito Cultural da Zona Norte começa no dia 1º de dezembro e vai até o dia 17 com apresentações circenses no Circo na Praça, shows de bandas locais de Rock no festival Garagem de Rua, o 2º Festival de Hip Hop, Rodas de Diálogos, com oficinas de grafite, dança de rua, rima e poesia, encenação do espetáculo “Auto de Natal sob o olhar de um palhaço”, dentre outras atividades.

Eventos gastronômicos
A programação do Natal em Natal tem início no dia 2 de novembro, com Natal Fest Gourmet. O evento gastronômico ocupará a Praça Augusto Severo, na Ribeira até o dia 4 com restaurantes, menus especiais, concursos, oficinas e palestras que celebram a culinária potiguar.

Ainda na área gastronômica, o Natal em Natal abarca o Circuito Gastronômico de Natal, na Praça Pedro Velho, em Petrópolis, que este ano terá como tema “A Gastronomia do Natal”, reunindo chefs locais e convidados, entre os dias 14 e 17 de dezembro. Na Redinha, o Festival da Ginga acontece entre os dias 18 de novembro e 16 de dezembro. E, na Arena das Dunas, de 17 a 19 de novembro, o Festival Brasil Sabor chega a sua 12ª edição reunindo 17 restaurantes.

Patrimônio histórico, samba e aniversário
Outra novidade na programação do Natal em Natal é a restauração da Travessa Pax, logradouro centenário da Cidade Alta. O lugar se tornará um espaço cultural, com foco no chorinho, e será batizado em homenagem ao músico potiguar K-Ximbinho (1917-1980), que neste ano completa 100 anos de nascimento.

Ainda no campo musical, o samba, gênero cada vez mais forte na cidade, será lembrado no Natal em Natal com diversas ações. A primeira é o Social Samba, que acontece no dia 18 de novembro, em lugar ainda a ser definido, com a participação da roda de samba do Ribeira Boêmia e as bandas Preto no Branco e Mesa Doze.

Pedro Mendes cantará na árvore, no 25 de dezembro
Pedro Mendes cantará na árvore, no 25 de dezembro

Cantos e danças
Ballet da Cidade fará um festival no Palácio dos Esportes, dias 8 e 9 de dezembro. No dia 25 de dezembro, aniversário da cidade, haverá um concerto com o cantor e compositor Pedro Mendes, comemorando os 30 anos de gravação do álbum Esquina do Continente. Os corais ganharão espaço na Zona Oeste. Também está integrado ao calendário o espetáculo Um Presente de Natal, no Teatro Riachuelo.

Festival culturais
Neste ano houve uma adesão recorde de eventos da iniciativa privada no calendário do Natal em Natal. São projetos consolidados e em crescimentos que contam com o apoio da Prefeitura por meio da Lei Djalma Maranhão. Dentre eles estão o Festival Dosol, que neste ano traz para a cidade nomes como Pinduca, Liniker, Francisco, El Hombre, Bogarins e outras dezenas de atrações. O evento será realizado entre os dias 9 e 18 de novembro, em palcos no Beach Club, Centro Cultural Dosol, El Rock e Whiskritório.

Outro festival é o Ribeira 360º. Depois do sucesso da primeira edição em 2017, no ano que vem o projeto musical volta reforçado com novos nomes da cena potiguar e convidados. O evento acontece de 5 a 7 de janeiro, na Rua Chile, Ribeira.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários