Cinema para a criança em cada um de nós

Publicação: 2019-10-18 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Em sua 17ª edição no Brasil, o Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI) acontece pela oitava vez consecutiva em Natal. O evento começa nesta sexta-feira (18) e vai até o dia 27, com exibições exclusivas no Cinemark Midway Mall. Na programação, mais de 70 filmes, dentre curtas, médias e longas-metragens. As sessões são nos horários da manhã, tarde e noite. Os ingressos tem preços populares e, para alguns públicos, o acesso é gratuito (escolas públicas e particulares, ONGs e projetos sociais mediante agendamento).

Homem Aranha no Aranhaverso volta ao cinemas na sessão Se você ainda não viu
“Homem Aranha no Aranhaverso” volta ao cinemas na sessão “Se você ainda não viu”

Embora as exibições comecem nesta sexta-feira, a abertura oficial será no sábado, a partir das 10h. Para receber as crianças, o saguão do Cinemark estará todo preparado com uma roupagem especial. Terá lounge com pufs, brincadeiras com balões, palhaços em pernas de pau, atividades interativas e lojinha com produtos do festival, tudo estará disponível durante todos os dias de programação.

Dentre os destaques, o FICI traz de volta para as salas de cinema de Natal os filmes “Homem Aranha no Aranhaverso” (3D), “Toy Story 4” (3D), “Aladdin” (3D), “Asterix e O Segredo da Poção Mágica”, “Angry Birds 2 - O Filme” (3D), “Pets – A vida secreta dos bichos 2” e “Corgi: Top Dog”. Todos serão exibidos na sessão “Se você ainda não viu”. Já a “Sessão Telecine de Cinema” exibe “Detetives do Prédio Azul 2: O Mistério Italiano”, segundo longa da famosa série da TV que conta a viagem do trio Pippo, Bento e Sol à Itália para investigar o sumiço da feiticeira Berenice.

Outro filme lançado em 2019 que será reexibido pelo FICI é o elogiado “Turma da Mônica Laços” (2019), live-action dirigido por Daniel Rezende. O longa está dentro da programação de homenagens ao mestre dos quadrinhos brasileiros, Maurício de Sousa, que o festival reverencia neste ano. Também dentro do tributo será exibida a animação “A Princesa e o Robô” (1984), com direção do próprio Maurício. A homenagem ainda inclui filmetes com episódios da animação 2D “Mônica Toy”, que serão projetados no início de todas as sessões do evento.

Estreias
O FICI também exibi em primeira mão pré-estreias como a animação “Osmar, a primeira fatia do pão de forma – O filme”, de Ale McHaddo (pseudônimo do animador Alexandre Machado), e “Miúda e o Guarda-chuva”, de Amadeu Alban, Paula Lice e Victor Cayres, que conta a história de uma menina que vive uma jornada mágica de descobertas e aprendizados.

Outro filme que será exibido pela primeira vez nos cinemas é o longa-metragem “Luccas Neto em: Acampamento de Férias”, destaque da mostra Panorama Brasil. Lançado em julho deste ano em VOD (vídeo on demand), o filme é a terceira produção do youtuber Luccas Neto – fenômeno na internet com mais de 26 milhões de inscritos em seu canal.

Inédito no Brasil, a produção belga-holandesa Binti aborda a questão dos refugiados na Europa
Inédito no Brasil, a produção belga-holandesa “Binti” aborda a questão dos refugiados na Europa

No Programa Internacional, vale demais o ingresso a produção belga-holandesa “Binti”, live-action da diretora Frederike Migom, inédito no Brasil. O filme aborda a questão dos refugiados na Europa, através da história da menina Binti e sua família. O longa também integra a sessão “O Pequeno Jornalista”, com bate papo com a jornalista Michelle Ferret no fim da exibição. “Klara Superstar” (KuToppen), longa norueguês da diretora Lise I. Osvoll, completa o Programa Internacional. A animação promete divertir a criançada com a história da vaquinha Klara, que mora na cidade e sonha em ser uma popstar.

Ainda entre as produções internacionais, a parceria com o festival Anima Mundi traz a animação “Capitão Morten e a Rainha Aranha”, longa que será exibido com dublagem ao vivo, permitindo às crianças conhecer em tempo real o trabalho desses profissionais que fazem as vozes dos personagens de cinema.

Acessibilidade
Como é de praxe, o Festival promove a Sessão Acessibilidade, oportunidade para crianças com deficiências visuais e/ou auditivas acompanharem a película através da linguagem de LIBRAS, legenda descritiva e audiodescrição. Este ano o filme escolhido é a animação brasileira “Tito e os Pássaros”, de Gustavo Steinberg, Andre Catoto e Gabriel Bitar, com a tocante história do menino Tito em sua jornada para salvar o mundo de uma estranha epidemia, que envolve a busca de pai ausente. Para essa sessão, a entrada é realizada mediante agendamento.

E, exclusivamente em Natal-RN, também acontece a Sessão Inclusiva, voltada para Ong’s, instituições e familiares de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Nesse caso, toda a sala fica ambientalizada para melhor recepcionar e transmitir o filme. O escolhido para a sessão é “Turma da Mônica – Laços”.

O Festival Internacional de Cinema Infantil é uma realização da Copacabana Filmes e Produções, com  CoProdução da Esmeralda Produções e M.A.P.A. O patrocínio é da Rede Cinemark, do BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, do FSA – Fundo Setorial do Audiovisual, da ANCINE – Agência Nacional de Cinema, e da Potigás, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cidadania e Secretaria Especial da Cultura. A programação completa com horário das sessões e sinopse dos filmes está no site: www.fici.com.br/programacao

Serviço:
Festival Internacional de Cinema Infantil,

de 18 à 27 de outubro

Cinemark Midway Mall

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Informações: www.fici.com.br









continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários