Cinema sob o céu de Barra: Bacurau é exibido ao ar livre para 3 mil pessoas em Parelhas

Publicação: 2019-08-24 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Foram dias atípicos aqueles entre abril e maio de 2018, quando o pequenino povoado de Barra, na zona rural de Parelhas, viu sua rotina completamente alterada com a produção de um filme nacional, um faroeste ambientado em pleno sertão nordestino. Na verdade, mais do que atípico aqueles dias foram históricos. Afinal, quando é que se veria de novo toda aquela agitação com câmeras e tantos artistas, como Silvério Pereira, Karina Teles, Lia de Itamaracá, o alemão Udo Kier e a dama do cinema brasileiro Sônia Braga? A atriz, inclusive, chegou a dizer na época que “seria tão bom que em lugares onde filmamos pudéssemos deixar um cinema para que as pessoas pudessem ver os filmes dos quais participam”. Sônia não imaginava o efeito daquelas palavras. E passados pouco mais de um ano, Barra se agitava novamente.

Três mil pessoas de várias cidades acompanharam em Barra a sessão ao ar livre do filme Bacurau
Três mil pessoas de várias cidades acompanharam em Barra a sessão ao ar livre do filme Bacurau

Na última quinta-feira (22) os moradores do lugar acordaram com uma tela enorme erguida à céu aberto no principal descampado da comunidade. Por trás do telão as serras que margeiam o povoado, na frente, cerca de duas mil cadeiras. Estava tudo pronto para a sessão de logo mais, quando aconteceria a pré-estreia em Barra de “Bacurau”, o longa-metragem que os diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dorneles rodaram no lugar.

O filme chegava ao povoado depois de conquistar importantes prêmios internacionais, dentre os quais o prêmio do júri no prestigiado Festival de Cannes. No Brasil, a estreia oficial está marcada para o próximo dia 29, mas quem é de Barra vê primeiro. E a noite em que o povoado se viu na tela grande foi algo para ficar marcado na história do RN – um Estado não apenas carente de cinemas, mas de política pública voltada para a produção audiovisual.

Na manhã seguinte ao da sessão em Barra, ainda na estrada e impactado com a exibição – e procurando palavras para descrever o reencontro com a comunidade –, Kleber Mendonça conversou por telefone com o VIVER. “É muito difícil falar sobre o que aconteceu. Parelhas foi nossa base, Barra foi onde filmamos. Voltar aqui com o filme e ver todo mundo foi… como é que eu posso dizer?... foi algo inesquecível”.

Embora a estrutura montada fosse para duas mil pessoas, o público presente foi de quase três mil. Veio gente dos municípios vizinhos, pessoas sentaram no chão, criança no colo da mãe. Quem despregou os olhos do telão para observar o redor ainda pôde se admirar com a noite belíssima que fazia na ocasião.

Dorneles, Sônia Braga e Kleber Mendonça cumprem promessa de exibir o filme onde rodaram
Dorneles, Sônia Braga e Kleber Mendonça cumprem promessa de exibir o filme onde rodaram

“Montaram a estrutura onde filmamos uma cena muito importante com as crianças. Assistir o filme ali, embaixo de um céu estrelado, poder sentir a reação da plateia, isso tudo foi incrível. Voltar com 'Bacurau' aqui dá uma sensação de dever cumprido e de respeito ao povoado. E a gente viu isso nas pessoas”, comenta o diretor.

Durante as filmagens de “Bacurau” mais de 150 profissionais estiveram envolvidos. Era gente de quatro países (Brasil, França, Estados Unidos e Bélgica), sendo o elenco formado por 44 atores. “Ver que tudo isso em torno de um filme mostra o impacto da cultura numa comunidade e na vida das pessoas. Figurantes, artesãos, cozinheiros, motoristas, atores, cabeleireiros, costureiras que ajudaram nos figurinos, rever todo mundo, seus familiares do lado, num clima de paz, é algo que o país precisa muito”, afirma Kleber Mendonça. “O Brasil necessita muito de cultura, de compartilhar cultura e valorizar a educação”.

A exibição de “Bacurau” em Barra foi foi viabilizada numa parceria entre a Vitrine Filmes, a Fundação José Augusto, Secretaria de Turismo (Setur/Emprotur), IFRN, Cinemateca Potiguar e a Prefeitura de Parelhas. Estiveram presentes os diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dorneles, a atriz Sônia Braga e a produtora Emilie Lesclaux, a governadora Fátima Bezerra, o diretor da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, e outras autoridades.

Circuito de pré-estreias continua
Desde a semana passada “Bacurau” está numa maratona de pré-estreias por todo o Brasil. Neste sábado, há sessões em Natal e em Mossoró. Em Natal acontece no Cinemark, Cinépolis Natal Shopping e Cinépolis Norte Shopping; em Mossoró o filme será exibido no Multicine. “Por onde o filme tem passado tem gerado uma energia muito forte. Pode ter certeza que estamos indo para a estreia nos sentindo muito bem e com a melhor expectativa possível”, afirma o Kleber Mendonça Filho.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários