Coletivo

Publicação: 2014-08-24 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Vicente Estevam - interino
jrvicente@tribunadonorte.com.br

No mundo do futebol atual, onde a transpiração supera a técnica, o jogo coletivo está se mostrando uma alternativa altamente positiva e eficaz. Há oito anos que essa tendência vem sendo demonstrada primeiro com Barcelona e depois pelas seleções da Espanha e Alemanha. Agora, de volta a seleção, o treinador Dunga promete corrigir um erro que fez o Brasil sucumbir em seu próprio território durante a disputa da Copa de 2014. Ao contrário de Felipão, que montou um grupo voltado a facilitar a genialidade do futebol brasileiro, representado no grupo apenas por Neymar, Dunga reassumiu mostrando que pretende aliar a habilidade ao jogo coletivo, destacando que na futura equipe Neymar fará parte de um sistema coletivo e não será colocado como eixo principal dessa engrenagem. O novo comandante não quer que o camisa dez perca a “molecagem” na hora do drible, mas também exige seriedade e se mostra disposto a brecar qualquer tipo de exibicionismo.

Exemplo


A cabeçada que o atacante Brandão deu nas descidas para os vestiários no brasileiro naturalizado italiano, Thiago Mota, de cara custou logo uma punição ao agressor: ele perdeu a vaga na equipe do Bastia. Como as imagens mostraram o momento da agressão, agora ele foi convocado pela Polícia e vai ser levado a presença de um juiz, para ter o ato julgado. Ele também já está punido provisoriamente pela Comissão de Disciplina da Liga Profissional da França (LFP), até o dia 18 de setembro, quando o caso irá a julgamento. Ao responder criminalmente na Justiça Comum pelo ato, Brandão  corre o risco de ser condenado a uma pena de prisão e multado, além de ser proibido de entrar em estádios franceses.

Revolução


O treinador Zé Teodoro não acredita que a falta de um centroavante de ofício na lista do técnico da Seleção Brasileira, seja o fim desse tipo de atleta no cenário nacional. Ele disse que Dunga está apenas abrindo um leque de opções e iniciando um planejamento para formação da futura equipe. Para o comandante abecedista, jogador como Fred, um exímio finalizador e que sabe se colocar bem na área, sempre terá espaço nas equipes. Mas para ele que está com os dias contados na nova formatação das equipes é o meia de armação. Teodoro destaca que ou esse tipo de atleta aprende a marcar, ou será substituído por um terceiro homem de marcação no meio-campo, apenas com um pouquinho mais de habilidade e que apresente uma boa saída de bola.

Pé no chão


Representante da nova geração de treinadores e hoje trabalhando no Icasa, o treinador Leandro Sena reconhece que com o nível de investimento realizado hoje na equipe, o time cearense deve apenas lutar pela permanência na série B. Na temporada passada a equipe esteve perto de conquistar o acesso, acabando a competição com 59 pontos, na quinta colocação, há um ponto do Figueirense, que conquistou a última vaga na divisão de elite. Hoje o clima é outro, os jogadores estão com salários atrasados e a imprensa fala até na realização de uma possível greve dentro do clube. Sena nega e salienta que o grupo está com muita vontade de superar o momento de dificuldade.

Comemoração


Depois dos festejos religiosos, hoje será o dia da festa de aniversário pela passagem dos 99 anos de fundação do Alecrim. A data será marcada com a realização de um churrasco na sede da Associação Comercial da Ribeira, com o início previsto para as 12h. Na ocasião os representantes do time bicampeão estadual em 1964, pelo clube também vão receber homenagens, a conquista está completando 60 anos. Nessa lista de campeões se encontram Bastos, Bira, Miltinho, Berilom Ilom Zezé, Gaudino e Crezo e Pedrinho Quarenta. Também haverá uma homenagem especial ao craque Marinho Chagas, que iniciou a carreira de técnico no Alecrim. Os organizadores pedem que quem for a festa trajem camisas do clube ou roupas nas cores do Alecrim.

Trabalho de base


O Currais Novos vai preparando o terreno para retornar a disputa da primeira divisão do futebol do RN. A diretoria que contratou Carlos Gutemberg para trabalhar como coordenador técnico no clube, vai focando os trabalhos nas divisões de base para se manter em atividade e no próximo sábado, o time de juniores vai enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro. Esse será o segundo confronto dos clubes no Recife, o primeiro acabou empatado em 3 a 3. O presidente Antônio Marcos Merica já começou a traçar os planos para disputa da segunda divisão e deve confirmar a participação do Currais Novos até o próximo dia 28. Berguinho será o treinador da equipe, que vai apostar todas as suas fichas na prata da casa.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários