Com atuação comunitária, Herberth é o mais votado

Publicação: 2020-11-22 00:00:00
Luiz Henrique Gomes
Repórter

Quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou a lista de candidatos a vereadores mais votados em Natal, o primeiro nome surpreendeu parte da cidade que não olhava para a campanha política nos bairros mais pobres da zona Leste. Herberth Sena (PL), morador das Rocas e pupilo político do deputado estadual Ubaldo Fernandes, do mesmo partido, apareceu com 6.029 votos e se sagrou o candidato mais votado nas eleições municipais deste ano. Enquanto uma parte da cidade se surpreendia, no bairro onde nasceu e começou a atuar na política comunitária, Herberth selava uma campanha que começou em 2018.

Créditos: Alex RégisHerberth afirma que, em 2018, teve a pré-candidatura lançada à Câmara Municipal, durante uma comemoração no bairro das RocasHerberth afirma que, em 2018, teve a pré-candidatura lançada à Câmara Municipal, durante uma comemoração no bairro das Rocas


saiba mais

Na lista dos vereadores mais votados, Sena superou candidatos mais conhecidos e que concorriam à reeleição, como Divaneide Basílio (PT) e Paulinho Freire (PDT) – segundo e terceiro colocados, respectivamente. À reportagem, confessou que também se surpreendeu com o resultado e demorou a acreditar que iria terminar em primeiro. “Quando as urnas abriram eu aparecia em primeiro, mas falava ‘calma, gente, está no início’, mas depois que apurou 80% das urnas eu continuei em primeiro e aí a alegria tomou conta de mim”, disse por telefone nesta sexta-feira (20).

O período de comemoração se encerrou ainda no domingo de eleições – e mostra como Sena atua para construir boas relações no legislativo municipal. No dia seguinte à vitória, o futuro vereador entrou em campo e ligou para todos os eleitos para parabenizar a vitória. O teor das conversas não foi político, segundo contou. “Meu jeito, desde o início, é de uma pessoa amiga. Em outras legislaturas eu não senti união, integração, e acho importante ter essa união, por mais que haja diferenças ideológicas. Temos que respeitar o próximo sempre. É hora de se aproximar e de ter um bom diálogo”, disse.

Durante a campanha, Herberth Sena apoiou publicamente a reeleição de Álvaro Dias (PSDB). Depois de eleito, não teve a oportunidade de conversar com o prefeito reeleito, mas adianta que entra como base aliada da gestão tucana. Entretanto, pode entrar em conflito com o prefeito na pauta ligada à revisão do Plano Diretor, que pode afetar a vida dos moradores dos bairros onde se encontra a maioria do seu eleitorado se houver mudança nas regras de Áreas Especial de Interesse Social (AEIS). Além das Rocas, o candidato teve expressividade no bairro de Santos Reis e Brasília Teimosa, vizinhos entre si.

Segundo o vereador, ele chega para “dar suporte e apoio ao prefeito”, mas pretende ouvir a opinião dos moradores dos bairros para discutir as possíveis mudanças que podem ser incluídas na proposta de revisão do plano, ainda não enviada à Câmara. “Acho que precisamos debater o plano diretor melhor para ver como os bairros são afetados, se forem afetados, mas não tenho opinião formada porque não tive acesso ao plano. O que eu vou garantir é todo debate e a luta em defesa dessa população que me fez o vereador mais votado da cidade”, declarou.

Além do apoio ao atual prefeito, Sena leva para a Câmara Municipal pautas ligadas à juventude, assistência social, fomento à cultura e ao autismo – pauta que teve contato durante o mandato de Ubaldo Fernandes na Assembleia Legislativa. 

As pautas foram construídas ao longo da campanha e do amadurecimento de discussões com a comunidade em que está inserido. Ele também se coloca como liberal e disse que vai ser pautado na Câmara pela “igualdade e justiça social” das minorias e dos mais vulneráveis socialmente.

Trajetória
Herberth Sena tem 31 anos, atua como engenheiro civil e saiu vitorioso em sua primeira candidatura. Entretanto, ele está na atuação política, de um modo ou de outro, desde os oito anos. Em 1997, participou da primeira campanha de Ubaldo Fernandes para o conselho comunitário do bairro das Rocas e nunca mais se afastou do atual deputado. A relação é tão próxima que a candidatura do engenheiro começou ainda em 2018, na festa de comemoração da eleição de Ubaldo Fernandes para deputado estadual.

Depois da eleição para o centro comunitário das Rocas, Herberth esteve com Ubaldo nas campanhas de 2000, 2004 e 2008, onde o atual deputado perdeu, e em 2012 e 2016, quando se sagrou vencedor. A proximidade rendeu a chefia de gabinete do mandato de Ubaldo na Câmara Municipal entre 2012 e 2016. Segundo o futuro vereador conta, ele largou o mandato em 2016 para começar a atuar como engenheiro civil, mas permaneceu próximo. 

“Faço parte desse grupo político liderado por Ubaldo Fernandes formado por pessoas de bases comunitárias das quatro zonas de Natal. São pessoas que veem problema nas comunidades e levam pra ubaldo esses problemas”, afirmou. A experiência na política institucional não se restringe à chefia de gabinete de Ubaldo. Entre 2009 e 2012, Herberth ocupou um cargo no gabinete civil durante a gestão da então prefeita Micarla de Souza.

Quando foi eleito deputado estadual em 2018, Ubaldo Fernandes promoveu uma festa de comemoração no bairro das Rocas. Ainda na festa, o nome de Herberth Sena foi lançado para cobrir a lacuna deixada por Ubaldo na Câmara como representatividade da área – com direito a camisas e faixas prontas com o seu nome. Com o apoio do grupo, a candidatura foi natural e atendeu um desejo pessoal do próprio Herberth, que pensava em se tornar político desde criança, quando colecionava o santinho de candidatos. 

A partir daí, Sena passou a se articular com as comunidades para ser um nome viável. “Estive em comunidades nas quatro zonas de Natal para ouvir os moradores. Isso é muito importante para quem quer ser um homem público. Ouvi líderes, juventude e o povo. Era um sonho meu desde criança, um desejo. Agora, de fato, me tornei”, concluiu.