Com gol de pênalti de Romarinho, Globo vence o ABC na estreia da Série C

Publicação: 2018-04-15 19:10:00 | Comentários: 0
A+ A-
O leve favoritismo que o ABC tinha ante o Globo não se confirmou na primeira rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Em um jogo disputado e com chances de ambos ao lados, o time de Ceará-Mirim venceu pelo placar de 1 a 0 e começou a competição com o pé direito. 

Globo
Com gol de Romarinho, Globo estreia com o pé direito na Série C (Foto: Magnus Nascimento)

Com três pontos, o Globo agora divide a liderança juntamente com o ConfiançaSE, que venceu a Juazeirense na estreia ontem, fora de casa, pelo placar mínimo. Na próxima rodada, os comandados de Fernando Tonet viajam até Belém do Pará para encarar o Remo, no Mangueirão. Já o ABC recebe a Juazeirense em casa, no Frasqueirão.

O JOGO
Um duelo estudado. Essa é a melhor definição para o primeiro tempo da partida entre o Globo e o ABC, em partida válida pela rodada inaugural da Série C do Campeonato Brasileiro. O jogo no Barrettão teve poucas oportunidades concretas de gol e as equipes seguem sem balançar as redes. 

Globo e ABC no Barrettão
Primeiro tempo entre as equipes potiguares foi amarrado e sem grandes oportunidades

Os quarenta e cinco minutos iniciais demonstrou um certo nervosismo e quem sabe um respeito excessivo das equipes uma com a outra. Mesmo assim, Globo e ABC chegaram a apresentar algumas boas oportunidades na primeira etapa e quase abriram o marcador.

Pelo lado do Globo, a melhores chances vieram após os trinta minutos, quando Geovane cobrou falta de muito longe direto para o gol, aos 43, que assustou o goleiro Edson e os abecedistas. Dois minutos depois, os donos da casa tiveram um rápido contraataque e quase marcaram com Reinaldo, que chutou forte à direita do arqueiro alvinegro.

Já o ABC buscava suas infiltrações pelo lado direito do campo, tanto que foi no setor que a equipe teve suas duas melhores oportunidades: uma com Arez, que pegou sobra de bola na entrada da área e mandou por cima; e a outra num cruzamento de Higor Leite para Leandrão, que antecipou os zagueiros, mas não conseguiu mandar a bola na meta do ABC.

Mesmo bem marcado, Leandrão ainda teve oportunidades de balançar as redes no Barrettão
Mesmo bem marcado, Leandrão ainda teve oportunidades de balançar as redes no Barrettão

Diferentemente da etapa inicial, o segundo tempo foi diferente em todos os aspectos. De cara, o Globo perdeu o goleiro Rafael, no intervalo, que deu lugar ao arqueiro Welligton. Aos nove minutos, Edson derrubou Romarinho na grande área: pênalti. O camisa 11 bateu com frieza e abriu o placar.

Cientes de que o resultado era péssimo para um começo de competição, o ABC foi pra cima. Ranielle mexeu no time e colocou Rafinha e Maxwell, nos lugares de Feitosa e Jorge Eduardo. Com presença no campo de defesa do Globo, o ABC criava, mas não marcava. Higor Leite novamente encontrou Leandrão na área, que subiu sozinho, mas cabeceou por cima. Maxwell e Tonhão tentaram pela direita e foram interceptados por Welligton. 

Expostos, o ABC dava brechas nos contra-ataques do time da casa. Tanto que Vanger mandou bela bola para André, que chegou a se desvencilhar do goleiro Edson. Sem ângulo, mandou um chute bisonho. Em outra oportunidade, Reinaldo saiu na cara do gol e o arqueiro abecedista fez boa defesa, num lance contestado pelos tricolores, alegando que o goleiro do ABC havia defendido com as mãos fora da grande área.

Nos últimos minutos, o ABC foi para o abafa para tentar o gol de empate e jogava a bola na área na busca do camisa 9 Leandrão, que trombava por entre os zagueiros na busca pelo espaço. Numa delas, conseguiu ótima cabeçada num cruzamento de Arez, parando no goleiro Welligton, que saiu do banco para garantir a vitória dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA:

GLOBO (1): Rafael (Welligton); Geovane, Victor Souza, Jamerson e Diego; Galiardo, Vanger, Reinaldo, Gedson (André); Erick e Romarinho (João Victor). Técnico: Fernando Tonet

ABC (0): Edson; Arez, Tonhão, Samuel e Igor; Victor Feitosa (Maxwell), Erivelton, Higor Leite, Fessin (Lauder), Jorge Eduardo (Rafinha); Leandrão. Técnico: Ranielle Ribeiro

GOLS: Globo: Romarinho (9’/2T)

ESTÁDIO: Manoel Dantas Barretto (Barrettão)

ÁRBITRO: Mayron Francisco dos Reis Novais - MA (CBF)

ASSISTENTES: Elson Araújo da Silva - MA (CBF) e Ivanildo Gonçalves da Silva - MA (CBF)

PÚBLICO E RENDA: Não divulgados

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários