Com restrições, academias de Natal voltam a funcionar

Publicação: 2020-07-14 07:14:00
A+ A-
A Prefeitura do Natal publicou o decreto confirmando para esta terça-feira (14) a abertura das academias de ginástica da cidade. As academias estavam fechadas para atendimento presencial desde meados de março, quando foi decretado o isolamento social para combate à covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Estão autorizadas a funcionar as academias abertas (sem ar-condicionado e com ventilação natural).
Créditos: DivulgaçãoAcademias da cidade terão que cumprir protocolos de saúdeAcademias da cidade terão que cumprir protocolos de saúde

A reabertura dessas academias vai ocorrer dentro do estabelecido no plano de retomada econômica apresentado pelo setor produtivo. Neta terça-feira começa a Fração 1 da Fase 2, ficam liberadas as academias em horários específicos, para que o tráfego de clientes e profissionais não coincida com o pico de movimento do transporte público. Ficou determinado que os estabelecimentos devem limitar a quantidade de clientes que entram na academia, respeitando a regra da ocupação de um cliente a cada 6,25 metros quadrados (áreas de treino, piscina e vestiário).

Além dessa determinação, as academias têm que manter as portas internas abertas em tempo integral (circulação natural de ar). Também fica obrigatório o posicionamento de kits de limpeza em pontos estratégicos das áreas com equipamentos, com produto específico de higienização para que os clientes possam usar nos equipamentos de treino, como colchonetes, halteres e máquinas no mesmo local.

Durante o horário de funcionamento da academia, ela deve fechar cada área de 2 a 3 vezes ao dia por, pelo menos 30 minutos, para limpeza geral e desinfecção dos ambientes, assim como fica obrigado o uso de máscaras para funcionários, personal trainers e terceiros.

Uma das modalidades que mais ganhou adeptos em Natal nos últimos anos é o crossfit. Os centros de treinamento espalhados pela cidade começam a se preparar para o retorno, com a demarcação dos espaços destinados aos alunos. A modalidade, em suma, é praticada individualmente, com momentos de interação coletiva que deverão ser suspensos quando da reabertura dos espaços.

Veja regras:

1. Abertura em horários específicos, para que o tráfego de clientes e profissionais não coincida com o pico de movimento do transporte público;
2. Limitar a quantidade de clientes que entram na academia, respeitando a regra da ocupação de 1 cliente a cada 6,25 m² (áreas de treino, piscina e vestiário);
3. Manter as portas internas abertas em tempo integral (circulação natural do ar);
4, Posicionar kits de limpeza em pontos estratégicos das áreas com equipamentos, com produto específico de higienização para que os clientes possam usar nos equipamentos de treino, como: bancos, colchonetes, halteres e máquinas no mesmo local;
5. Reforçar a higienização do material de trabalho;
6. Funcionamento do estabelecimento com capacidade operacional reduzida;
7. Uso obrigatório ou disponibilização de limpa-sapato, tapete ou toalha umidificada de hipoclorito de sódio a 2%, ou outro dispositivo equivalente, para higienização e desinfecção de sapatos na entrada do estabelecimento;
8. Dispor de comunicados que instruam os clientes/usuários e funcionários sobre as normas de proteção que estão em vigência no estabelecimento;
9. Disponibilizar recipientes com álcool em gel a 70% para uso por clientes e colaboradores em todas as áreas da academia (recepção, musculação, peso livre, salas de coletivas, piscina, vestiários, kids room, etc);
10. Durante o horário de funcionamento da academia, fechar cada área de 2 a 3 vezes ao dia por, pelo menos 30 minutos, para limpeza geral e desinfecção dos ambientes;
11. Uso obrigatório de máscaras para todas as pessoas que estejam no ambiente;
12. Recomenda-se medir com termômetro do tipo eletrônico à distância a temperatura de todos os entrantes. Caso seja apontada uma temperatura superior a 37,8ºC, recomenda-se não autorizar a entrada da pessoa no estabelecimento, incluindo clientes, colaboradores e terceirizados;
13. Se algum colaborador apresentar febre alta junto com algum outro sintoma de COVID-19, informar imediatamente à gerência local;
14. Deve-se disponibilizar um recipiente de álcool 70º INPM ao lado da catraca. Além disso, o cliente deve ter a opção de acessar à academia comunicando à recepcionista seu número de matrícula ou seu CPF;
15. Ocupação simultânea de 1 cliente a cada 6,25 m² (áreas de treino, piscina e vestiário);
16. Delimitar com fita o espaço em que cada cliente deve se exercitar nas áreas de peso livre e nas salas de atividades coletivas. Cada cliente deve ficar a 2,0 m de distância do outro;
17. Utilizar apenas 50% dos aparelhos de cárdio, ou seja, deixar o espaçamento de um equipamento sem uso para o outro. Fazer o mesmo com os armários;
18. Liberar a saída de água no bebedouro somente para uso de garrafas próprias;
19. Realizar o congelamento dos planos de clientes acima de 60 anos de idade, quando solicitado;
20. Renovar todo o ar do ambiente, de acordo com a exigência da legislação;
21.Comunicar para os clientes trazerem as suas próprias toalhas para ajudar na manutenção da higiene dos equipamentos. Caso a academia forneça toalhas, elas devem ser descartadas pelo cliente em um recipiente com tampa e acionamento por pedal;
22. Expor aos clientes todos os manuais de orientação sobre as orientações sobre o COVID-19;
23. Capacitar todos os colaboradores em como orientar os clientes sobre as medidas de prevenção;
24. Disponibilizar, próximo à entrada da piscina, recipiente de álcool em gel a 70% para que os clientes usem antes de tocar na escada ou nas bordas da piscina;
25. Exigir o uso de chinelos no ambiente de práticas aquáticas;
26. Disponibilizar, na área da piscina, suportes para que cada cliente possa pendurar sua toalha de forma individual;
27. Após o término de cada aula, higienizar as escadas, balizas e bordas da piscina;
28. Disponibilizar diariamente o gráfico de frequência por horário;
29. Desativar as áreas de convivência da academia, como por exemplo: estar, lanchonete, etc;
30. Sem funcionamento aos domingos e feriados;
31. Permitir apenas um acesso por cliente por dia com o tempo de permanência do cliente será limitado em uma hora.