Com show de Cristiane, Brasil goleia Jamaica em estreia da Copa do Mundo

Publicação: 2019-06-09 12:27:00 | Comentários: 0
A+ A-
A seleção brasileira começou mais uma Copa do Mundo de Futebol Feminino de forma perfeita. Com três gols da experientíssima Cristiane, atacante do São Paulo, o Brasil goleou a Jamaica na estreia e ampliou para oito a sequência de vitórias em primeiros jogos da principal competição de seleções do mundo. 

Após o terceiro gol, Cristiane é abraçada por suas companheiras
Autora de três gols, Cristiane comemorou o marco com suas companheiras

O resultado coloca o Brasil no topo do Grupo C da competição, com saldo de gols melhor que a Itália, que venceu mais cedo a seleção australiana. O próximo compromisso é justamente contra a Austrália, às 13h (horário de Brasília) da quinta-feira, 13, em Montpellier. Já a Jamaica enfrenta a Itália na sexta-feira, 14, às 13h, na cidade de Reims. 

A vitória também coloca fim a uma sequência de nove derrotas consecutivas em jogos que antecederam a estreia do Brasil na Copa do Mundo.

1º tempo
Mesmo sem Marta, o Brasil optou por ir pra cima das jamaicanas desde o primeiro instante. Até os cinco minutos, foram pelo menos três chegadas com certo perigo. Com velocidade de suas três atacantes, a Jamaica apostava no contra-ataque e em oportunidades isoladas preocupava o sistema defensivo da Seleção.

Técnicos de Brasil e Jamaica se abraçam antes do início do jogo
Antes do duelo, técnicos de Brasil e Jamaica se abraçaram em sinal de fair-play

Aos 10 minutos, a primeira grande chegada. Andressa Alves mandou uma excelente bola enfiada para a atacante Debinha, que tentou driblar a goleira jamaicana, que acabou sendo mais ágil. Aos 13, saiu o gol. Cristiane cabeceou no canto direito e marcou o seu primeiro gol em sua quinta edição de Copa do Mundo. 

Apesar de estar atrás do placar, a Jamaica continuou apostando nos contra-ataques, o que chamou a seleção brasileira ainda mais para o ataque. Aos 25, após novo lançamento de Andressa Alves, Debinha carregou a bola e chutou com força para mais uma defesa da goleira Schneider. Aos 27, após saída rápida, Carter chutou forte para fora em uma rara descida da seleção caribenha. A melhor chance da primeira etapa das camaronesas aconteceu aos 30 minutos. A centroavante Shaw recebeu de costas, fez o giro e chutou de fora da área para excelente defesa da goleira Bárbara. 

Kadjidja Shaw foi a principal referência técnica do time da Jamaica
A atacante Kadjidja Shaw foi quem levou mais perigo pelo lado das jamaicanas

Com a queda de ritmo, o jogo tornou-se mais cadenciado e numa rara descida veloz quase sai o segundo gol. Após cruzamento da direita, a bola pegou na mão da zagueira Plummer e o pênalti foi marcado. Na cobrança, Andressa Alves bateu no canto direito, rasteiro, para boa defesa da goleira Schneider, nome da Jamaica até aqui. 

2º tempo
A primeira chance da segunda etapa foi também de Cristiane. Após enfiada de bola, a atacante fez a finta e bateu por cima do gol de Schneider. Pressionando as jamaicanas, o Brasil ampliou o placar aos 4 minutos. Andressa Alves foi ao fundo e cruzou a bola para a pequena área. Ninguém desviou e a bola sobrou no segundo poste para Cristiane chutar forte, quase desequilibrada, para o gol que entrou chorado e quase foi impedido pela zagueira Plummer, porém já depois que a bola passou pela linha. 

Cristiane
A atacante Cristiane chegou ao seu quinto mundial

Aos poucos o técnico Oswaldo Alvarez foi ponderando algumas substituições para poupar fisicamente as atletas e naturalmente o Brasil recuou um pouco. Por pouco, nesse meio tempo, as jamaicanas não diminuíram com a atacante Shaw, uma delas em bola que passou muito perto do gol de Bárbara após cobrança de escanteio. Justamente nesse momento, brilhou a estrela da atacante Cristiane. Após falta na entrada de área, a experiente jogadora bateu com extrema categoria no canto do goleiro e marcou seu terceiro gol no duelo. 

Após o gol, Cristiane deixou o campo e acompanhou a partida ao lado de Marta no banco de reservas até o final do jogo. Uma das atletas que entrou na segunda etapa, Geyze por pouco não ampliou o placar aos 37, para mais uma boa defesa da goleira Schneider. Na sequência, Thaisa pegou de primeira após rebote do escanteio, por cima da goleira. 

O resultado dá sequência às estreias perfeitas da Seleção em mundiais. Com a vitória de hoje, são oito vitórias em oito estreias da principal competição de futebol feminino do mundo.

Escalações
Brasil: Bárbara, Letícia Santos, Kathllen (Daiane), Mônica e Tamires; Thaísa, Formiga, Andressa, Debinha e Bia (Geyse); Cristiane (Ludmilla). Técnico: Oswaldo Alvarez
Jamaica: Schneider, Bond-Flasza, Plummer, Swaby e Blackwood; Matthews (Brown), Solaun, Chantelle, Sweatman e Carter (Cameron); Shaw. Técnico: Hue Menzies





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários