Comércio fica fechado no feriado

Publicação: 2019-04-30 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Comércio de rua, bancos e supermercado estarão fechados nesta quarta-feira (1) em virtude do Dia do Trabalhador.  A data contará com um ato contra a reforma da previdência organizado por servidores de centrais sindicais na capital. O dia é um dos quais o comércio tem tradição fechar as portas, como acontece em 1 de janeiro. Tanto o comércio como os ônibus funcionarão em horário diferenciado, e os trens urbanos não funcionarão ao longo de todo o dia.

O comércio da cidade estará totalmente fechado neste feriado de 1º de maio. Os bancos também não funcionarão nesta quarta-feira
O comércio da cidade estará totalmente fechado neste feriado de 1º de maio. Os bancos também não funcionarão nesta quarta-feira

Historicamente, o dia 1 de maio é marcado por protestos de trabalhadores no planeta inteiro, sendo feriado em muitos países do mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, a tradição remonta ao século 19, quando uma greve geral dos trabalhadores na cidade de Chicago deu visibilidade ao movimento que pedia a redução da carga horária diária de trabalho e mais direitos para os trabalhadores. Na época, as jornadas chegavam a durar 17 horas diárias.

No Brasil, o feriado foi declarado no ano de 1925, pelo presidente Artur Bernardes. Em 1943, a data foi importante pois marcou a criação da Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT.

Serviços
O comércio de rua estará completamente fechado no dia 1 de maio, assim como os supermercados e agências bancárias. De acordo com a Comissão de Dirigentes Lojistas (CDL), como não houve acordo coletivo para definir os horários de funcionamento de todo o comércio para essa data, ficou a cargo de cada centro comercial fazer seus próprios acordos e determinar os horários de funcionamento. Nos shoppings, as lojas vão permanecer fechadas durante o dia, mas os quiosques e praças de alimentação funcionarão em horário diferenciado. Os cinemas seguirão a programação normal.

O sistema de trens urbanos não vai funcionar na quarta-feira, mas volta à normalidade na quinta-feira (2), com o primeiro trem saindo às 5h20 da manhã, de acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Já a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), informou que os ônibus municipais vão circular na capital potiguar com a frota reduzida, da mesma forma que em domingos e feriados. O serviço também terá tarifa social para aqueles que efetuarem o pagamento em espécie.

Sindicalistas fazem ato contra reforma
O ato dos sindicalistas vai reunir diversas centrais e frentes políticas, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) e a Central Sindical e Popular Conlutas (CSP Conlutas). Às 8h da manhã, eles pretendem se concentrar na Praça das Flores, no bairro de Petrópolis e, às 10h, sair em caminhada até a Praia do Meio.

Esse ano, o mote central escolhido pelos organizadores para o ato político do 1 de maio foi a reforma da previdência, proposta pelo presidente Jair Bolsonaro, que atualmente está em tramitação entre as comissões da Câmara Federal. Os servidores criticam a reforma, afirmando que ela é “discriminatória” e “desigual”. “Ela retira dos servidores públicos o direito da aposentadoria.”, diz a diretora do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte (Sinsp/RN), Janeayre Souto.

“No Rio Grande do Norte, o servidor paga 11% de previdência. Com a proposta da reforma da previdência, essa alíquota vai aumentar para 14%”, afirma Janeayre, que elencou diversos pontos pelos quais o Sindicato se demonstra contrário à reforma. De acordo com ela, o ato do 1 de maio deste ano será "histórico, porque pela primeira vez na história do nosso país, as centrais sindicais brasileira se uniram em um ato especialmente para lutar contra a reforma da previdência de Bolsonaro", afirma. A reforma é tida como fundamental pelo atual governo para reequilibrar as contas públicas do país.

Shoppings funcionarão apenas com áreas de lazer

Shopping Midway Mall*
Lojas e quiosques: Fechados

Praça de Alimentação e Lazer: 11h às 22h

Cinema: Funciona na programação normal

* Informações passadas antes do incêndio, podendo ter alterações

Natal Shopping
Alimentação e Lazer: 11h às 22h

Quiosques de Alimentação: 13h às 21h

Botytech: 9h às 15h

Lojas e quiosques: Fechados

Cinema: Conforme programação

Praia Shopping
Lojas e quiosques: Fechados

Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h

Cinema: Funciona na programação normal

Shopping Cidade Jardim
Lojas e quiosques: Fechados

Praça de Alimentação : Abertura facultativa, a partir das 11h

Partage Norte Shopping
Lojas e quiosques fechados

Alimentação e Lazer, conforme abaixo:

Praça de Alimentação/Lazer: 11h às 22h

Cinema: Conforme sessões

Shopping Via Direta
Totalmente Fechado   

Shopping 10
Totalmente Fechado

Supermercados
Fechados

Bancos
Fechados











continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários