Comércio na Black Friday cresce 6,4% em relação a 2018

Publicação: 2019-12-03 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
As vendas do comércio na Black Friday cresceram 6,4% em relação a 2018, de acordo com os dados nacionais da Boa Vista. A instituição esperava avanço de 4,0% e avalia que o resultado superou as expectativas, conforme já havia acontecido no ano anterior.

Lojistas de todo o Brasil se preparam para a semana da Black Friday. Dia 29 de novembro deverá ser o de maior vendas no varejo

Os dados consideram as consultas do período de 26 a 30 de novembro, comparadas às consultas realizadas entre 20 e 24 do mesmo mês de 2018.

A Black Friday também mostrou o maior crescimento do ano em relação a outras datas comemorativas, seguido pelo Dia das Crianças, que registrou expansão de 3,1% das vendas do comércio

Segundo os economistas da Boa Vista, o movimento reflete uma melhora no mercado de trabalho e, especialmente, no mercado de crédito. “Diante da inadimplência mais baixa, os bancos vêm aumentando a oferta de empréstimos. Por parte dos consumidores, as taxas de juros menores e a melhora da confiança vêm elevando a demanda por crédito."

A Boa Vista destaca que os eletrônicos e os eletrodomésticos, produtos mais caros e que dependem mais das condições de crédito, estão entre os itens mais vendidos na data.

Os economistas da instituição ainda lembram que os consumidores aproveitam para antecipar as compras de Natal na Black Friday, mas estimam que, neste ano, a melhora do cenário econômico já aponta para um aumento significativo do movimento do comércio no Natal, ainda a principal data comemorativa para o setor.

Gol registrou recorde
 A Gol Linhas Aéreas afirma ter batido recorde em edições do evento Black Friday na última sexta-feira, 29, com vendas de cerca de R$ 120 milhões e 450 mil bilhetes para viagens. Os números representam alta de 38% e 51% respectivamente, em comparação com o mesmo dia de 2018. Já o número de visitantes únicos nos canais digitais foi de 4 milhões na sexta-feira, 35% acima do evento do ano passado.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários