Comercialização de automóveis usados cresceu 69,18%: junho

Publicação: 2020-07-12 00:00:00
A+ A-
No 1o- semestre, segmento registrou 4.505.981 vendas, contra 6.828.225 em 2019 (queda de 34%), segundo a Fenabrave. As vendas de veículos usados, considerando a soma de todos os  automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, apresentaram alta de 69,18%, no mês de junho, totalizando 744.643 unidades, contra 440.147 em maio. Se comparado com junho de 2019 (1.068.013 unidades), a queda foi de 30,28%.

No 1o- semestre deste ano, ante igual período de 2019, as vendas retraíram "34,01%".

"Este mercado sofreu durante o 1o- semestre, assim como o mercado de novos, pela retração nos negócios e pela dificuldade dos registros nas transações pelo fechamento dos DETRANS, que afetou o segmento de seminovos e usados. Outro fator foi o período no qual as concessionárias ficaram fechadas", comenta Alarico Assumpção Júnior, presidente da FENABRAVE.

Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, as vendas de carros seminovos e usados, em junho, somaram 546.538 unidades, 71,79% acima das 318.150 unidades vendidas em maio. Em relação a junho de 2019 (805.014 unidades), houve retração de 32,11%. Do total, os carros com até 3 anos de fabricação representaram 13,34% do volume vendido, e 11,8% do acumulado do ano (3.346.928 unidades), queda de 34,67% sobre o 1o- semestre de 2019, quando 5.123.380 unidades foram transacionadas.