Informe Publicitário
Comissão readequa termo de referência para Concurso da Assembleia em 2022
Publicado: 00:00:00 - 09/09/2021 Atualizado: 22:08:10 - 08/09/2021
com o objetivo de dar celeridade aos trâmites necessários à realização do Concurso Público da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), a Comissão Especial da Casa, responsável pelo certame, realizou a segunda reunião oficial na manhã da última quinta-feira (02) para discutir detalhes referentes ao termo de referência para contratação da banca examinadora que irá aplicar o concurso. De acordo com o procurador-geral da Assembleia e presidente da comissão, Sérgio Freire, a previsão é que o certame aconteça em 2022.

ALRN
Comissão Especial, responsável pelo certame, discutiu, no último dia 02, detalhes do termo de referência para contratação da banca examinadora que aplicará prova

Comissão Especial, responsável pelo certame, discutiu, no último dia 02, detalhes do termo de referência para contratação da banca examinadora que aplicará prova


A expectativa é que a versão definitiva do termo de referência para contratação da banca examinadora que irá aplicar o concurso seja apresentada ainda nesta semana. “O termo de referência é o documento que pode ser comparado a um alicerce, que contém o direcionamento do edital”, explicou Sérgio Freire. Após a definição do termo de referência, a expectativa é que os trabalhos avancem para a abertura do processo e consequente escolha da banca.

O Concurso Público da Assembleia Legislativa é destinado ao provimento de vagas para os cargos efetivos de Analista Legislativo – Nível Superior e Técnico Legislativo da Casa Legislativa. Ao todo são previstas 24 vagas para o cargo de Analista Legislativo, com remuneração inicial de R$ 7.725,75 mais benefícios e 23 para o cargo de Técnico Legislativo, com remuneração inicial de R$ 4.139,75, mais benefícios.

A comissão do concurso da ALRN foi instituída pela portaria nº 09/2021. A portaria assinada pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), nomeia sete membros para a comissão, sendo quatro servidores, um representante do sindicato da categoria e dois advogados. O presidente do grupo é o procurador da Casa, Sérgio Eduardo da Costa Freire.


Leia também