Composição de VLT será remanejada de Natal para Brasília

Publicação: 2018-11-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A frota de trens urbanos que atende a demanda de passageiros na Região Metropolitana de Natal será reduzida de sete para seis composições. Ainda não há uma data definida para que um dos cinco VLTs (Veículo Leves sobre Trilhos) à serviço da CBTU no Rio Grande do Norte deixe de circular, mas a superintendência da Companhia Brasileira de Trens Urbanos com sede no Rio de Janeiro confirmou que haverá remanejamento para suprir a necessidade de nova operação no Distrito Federal. Atualmente, além dos cinco VLTs, a CBTU-RN também opera com duas locomotivas antigas – as sete composições são movidas à diesel, e juntas realizam 14 viagens diárias entre Natal e Ceará Mirim e outras 16 viagens entre Natal e Parnamirim.

CBTU opera, atualmente, com cinco VLTs e duas locomotivas antigas, que realizam 30 viagens diárias
CBTU opera, atualmente, com cinco VLTs e duas locomotivas antigas, que realizam 30 viagens diárias

Nos dias úteis, a CBTU-RN transporta em média 15 mil pessoas por dia. A malha ferroviária no RN é a mesma desde 1984, ano de criação da CBTU, com 56,2 km e 23 estações. Em maio de 2018, após 15 anos congelado, o valor da passagem dos trens urbanos em Natal passou de R$ 0,50 para R$ 1.

Conforme nota oficial da CBTU distribuída à imprensa na tarde de ontem, o remanejamento se dará por conta de uma nova operação conectando Brasília ao município de Valparaíso, em Goiás. “Durante os primeiros seis meses, o sistema funcionará em caráter experimental, utilizando duas composições de VLTs, uma de Natal e outra João Pessoa (PB)”, afirma a nota.

Porém, o superintendente regional da CBTU no RN, Leonardo Diniz, está em Brasília justamente para tentar reverter decisão. A nota informa ainda que Diniz solicitou ao diretor-presidente da Companhia “que reconsidere o empréstimo do VLT” por acreditar que a redução da frota pode trazer prejuízos para os usuários do serviço. “A demanda de passageiros nos municípios operados pela CBTU no RN já se encontra acima da capacidade atual", assegurou o gestor, que busca “preservar os interesses dos passageiros potiguares, bem como a qualidade do serviço prestado”.

A assessoria de imprensa da CBTU no Rio de Janeiro destacou que a questão ainda está em análise. Já a assessoria da Companhia no RN informou não dispor de informações sobre os possíveis prejuízos que o desfalque na frota traria. Também não há definições sobre possível redução do número de viagens, nem qual a linha passaria a operar com frota reduzida. “Os trens estão circulando lotados, sinal de que à demanda para o serviço”, acrescentou a assessoria local.

Modernização do sistema
Se por um lado a administração central da CBTU, no Rio de Janeiro, quer remanejar um VLT do RN para Brasília, por outro avisa que “ainda este ano, terá início a modernização de trecho de via permanente em Natal, bem como está em tramitação projetos de ampliação da malha ferroviária, o que, consequentemente, aumentará a oferta de viagens e a demanda de passageiros”. A nota também adiantou que a superintendência da CBTU em Natal “está prestes a receber cinco novos trens, já encomendados”.

Em março deste ano, o superintendente regional da CBTU, Leonardo Diniz, se reuniu com o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, para formalizar convênio de expansão do sistema de trens urbanos. O projeto prevê investimentos de R$ 7 milhões para ampliar a linha férrea em mais 3,4 km e construir duas novas estações, que atenderão moradores dos bairros Boa Esperança, Jardim Planalto, Liberdade, Parnamirim II, Caminhos do Mar e Cajupiranga.

Números
7 composições, sendo cinco VLTs e duas locomotivas antigas

30 viagens por dia (dias úteis): 14 viagens na linha norte (Natal-Ceará Mirim); e 16 na linha sul (Natal-Parnamirim)

15 mil passageiros transportados, em média, por dia (útil) nas duas linhas

23 estações atendem as duas linhas

56 km de trilhos é a extensão total da malha ferroviária em operação no RN

R$ 1 é o valor da passagem desde maio de 2018

*Fonte: CBTU



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários