Concurso público para nível médio abre inscrições no RN; salário inicial de R$ 1.996

Publicação: 2019-05-20 13:40:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Norte (CRMV-RN) abriu nesta segunda-feira (20) concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio. As oportunidades são para Agente Administrativo e Agente Fiscal e o salário inicial é de R$ 1.996,00, somado a benefícios.

Principais vagas em concurso público este ano serão disponibilizadas por instituições federais

O edital publicado pelo Instituto Quadrix prevê preenchimento de uma vaga efetiva e 29 de cadastro de reserva para Agente Administrativo, além de uma vaga efetiva e 29 de cadastro de reserva para Agente Fiscal, já consideradas de vagas reservadas aos candidatos negros e candidatos com deficiência.

As inscrições podem ser feitas exclusivamente pela internet, através do site da organizadora, a partir desta segunda-feira (20) até o dia 8 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 48,00 (quarenta e oito reais).

Previstas para o dia 28 de julho, no turno vespertino, as provas objetivas, serão de caráter eliminatório e classificatório e contarão com 40 questões de conhecimentos básicos, 20 de conhecimentos complementares e 60 de conhecimentos específicos.

De acordo com o edital, todas as fases do concurso serão realizadas em Natal e os aprovados serão submetidos ao regime de trabalho da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, fazendo jus aos direitos, às vantagens e às obrigações previstas em lei, reguladas em acordo coletivo de trabalho e em normas administrativas internas do CRMV-RN.

Para concorrer às vagas, os candidatos precisam ter pelo menos 18 anos na data da contratação, Ensino Médio completo e Carteira Nacional de Habilitação de, no mínimo, categoria “B”, além de estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, no caso do candidato do sexo masculino.  

O presidente do CRMV-RN,  Wirton Peixoto Costa, reforçou a importância do concurso para a autarquia. “Nós estamos expandido muito a nossa atuação e isso implica na necessidade de aumentar a equipe. O concurso é importante para que esses profissionais possam entender e internalizar as ações e os procedimentos administrativos do Conselho, para que o trabalho continue sempre, independentemente da gestão eleita para o Regional”, explicou.

Segundo o vice-presidente do Conselho,  José de Arimatéia da Silva, a previsão é de que as contratações dos aprovados sejam feitas ainda este ano, imediatamente após a conclusão de todas as etapas do concurso.

O documento pode ser consultado no site do instituto.






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários