Conheça os 10 melhores vinhos do Rio Wine & Food Festival

Publicação: 2019-08-09 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A 7ª edição do Rio Wine & Food Festival, que durante quase um mês (de 12 de julho a 10 de Agosto) dissemina a cultura do vinho na Cidade Maravilhosa, apresenta uma extensa e diversificada programação tendo como pauta principal sua excelência, o vinho. A 7ª edição do Top Ten RWFF é realizado numa grande prova cega, com todo rigor técnico dos grandes certames, que somado a expertise do júri elege os melhores vinhos nacionais e importados disponíveis no mercado brasileiro e participantes do evento.

vinho


O concurso acontece às vésperas do festival justamente para que os participantes possam desfrutar deles, visto que estarão presentes em todos os eventos do Rio Wine & Food Festival. Presidido por Marcelo Copello, o júri, composto de especialistas e profissionais com larga experiência em avaliação técnica de vinhos,    elegeu vinhos nas categorias: Espumante Brasileiro, Espumante do Mundo, Branco do Novo Mundo (Brasil), Branco do Velho Mundo, Vinho Rosado, Tinto do Brasil, Tinto do Novo Mundo Varietal, Tinto do Novo Mundo Corte, Tinto da Península Ibérica (Portugal e Espanha), Tinto da Itália e França e Vinho Fortificado. Anote os rótulos premiados para conhecer na primeira oportunidade. Espumantes Brasileiro: Casa Valduga 130 Brut Rosé (Valduga); Espumante do Mundo exceto Brasil: Charlotte Charmat Branco (Hannover); Branco do Novo Mundo incluso Brasil: Undurraga Sibaris Gran Reserva Chardonnay (Inovini); Branco do Velho Mundo: Encontro 1 (Global Wines); Vinho Rosé do Velho e do Novo Mundo: Miolo Seleção Rosé (Miolo); Tinto do Brasil: Quorum (Lídio Carraro); Tinto Novo Mundo Varietal: BV Napa Valley Cabernet Sauvignon (Inovini);  Tinto Novo Mundo Corte: Trapiche Iscay (Interfood); Tinto Velho Mundo Península: Inevitável (Casa de Stª Vitória) e Vinha do Contador Paço dos Cunhas Grande Juri (Global Wines) empatados; Tinto do Velho Mundo Italia-Fança: Làvico Nerello Mascalase (Interfood); Vinho Fortificado: Porto Vale D. Maria Reserva (Interfood). O Top Ten deste ano portanto, elegeu 12 vinhos em 11 categorias.

A mais excepcional relação custo/benefício do Top Ten RWFF
Marca pioneira da Vinícola Miolo, lançada em 1994, o Miolo Seleção Rosé, considerado o Melhor Rosé do Velho e do Novo Mundo pelo júri, é resultado do encontro harmônico de duas castas poderosas: Cabernet Sauvignon e Tempranillo, cultivadas em vinhedos próprios na Campanha Meridional. O Miolo Seleção Rosé é um vinho jovem, refrescante e muito versátil. Límpido e brilhante, de coloração rosada leve. O nariz apresenta um perfume de frutas vermelhas (morangos e cerejas), e florais, e na boca é macio e muito agradável. Um vinho que pode ser encontrado no mercado brasileiro ao preço médio de R$ 34 a R$ 39. A marca Miolo Seleção, incluindo o Rosé campeão é amplamente distribuída no Brasil e no mercado internacional em países como: Alemanha, Austrália, China, França, Guatemala, Hong Kong, Japão, Nova Zelândia, Paraguai e, em breve, na Nigéria. São 25 safras de uma marca que cresceu e agora desfruta por mérito da sua maturidade. É ou não é uma excepcional relação custo/benefício?





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários