Consórcio faz estudos sobre parcerias privadas na Caern

Publicação: 2017-05-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ao custo de R$ 6,3 milhões, o BNDES irá financiar um estudo para a elaboração de modelos de Parcerias Públicos Privadas (PPPs) para a Caern. O Consórcio Aqua, formado pelas empresas BF Capital Assessoria em Operações Financeiras Ltda, Aecon do Brasil Ltda e Azevedo Sette Advogados Associados ganhou o processo licitatório encerrado mês passado. O levantamento das informações e elaboração de relatório final poderá se estender por até um ano, conforme estimativas da presidência da Caern. A Companhia descarta, contudo, a possibilidade de venda.

Em entrevista à TRIBUNA DO NORTE no mês passado, o presidente da Companhia, Marcelo Toscano, comentou que a possibilidade de abertura do capital da estatal para investidores particulares em curto prazo está praticamente descartada. O Consórcio Aqua executará, segundo o edital, um conjunto amplo de atividades com vistas à definição do modelo de negócios mais adequado para a concretização do projeto e alcance da universalização dos servi-ços de saneamento e elaboração de produtos necessários para o sucesso das etapas de estrutura- ção, licitação e adjudicação do projeto.

Entre outras atribuições, deverá realizar projeções anuais de demanda para água e esgoto por um período de 35 anos, discriminando-se os municípios, as tipologias de usuários. Deverão ser realizados ainda vários cenários de evolução de demanda, refletindo diferentes premissas para a evolução da população de cada município e o nível de atendimento dos serviços de saneamento.

Além disso, terá de fazer a simulação de diferentes cenários dos investimentos e custos operacionais para o projeto. Uma avaliação Econômico-Financeira e elaboração de Plano de Negócios também estão entre as atribuições do contratado. A análise das propostas de modelagem será avaliada em conjunto pelo BNDES e pelo Estado e municípios abrangidos pelo projeto.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários