Conselho de Comandantes repudia exoneração

Publicação: 2018-05-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Conselho Nacional dos Comandantes-Gerais dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom) se pronunciou sobre a exoneração do do coronel  Luiz Monteiro da Silva Júnior do comando da corporação no Rio Grande do Norte. A entidade julgou o ato como "uma injustiça" contra o ex-comandante e repudiou a atitude do governador Robinson Faria.

O coronel Monteiro Júnior foi exonerado do cargo na terça-feira (15), após não intervir para liberar a realização de uma festa na  Shock Casa Show, localizada na Grande Natal. O oficial dos Bombeiros confirmou que a exoneração “está diretamente ligada à interdição da casa”. O governo nega essa relação e afirma que a decisão foi técnica.

“Ao Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte e às demais corporações de bombeiros militares do Brasil, incumbe cumprir e fazer cumprir a Constituição e a legislação específica e peculiar que regulamenta o exercício da profissão e são norteadas pelos princípios fundamentais do nosso Código de Ética, sempre visando uma prestação de serviço eficiente e eficaz à toda comunidade”, afirma o Ligabom na nota.

O Conselho Nacional afirma que considera “lastimável a ocorrência no Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, quando o Comandante-Geral da corporação é destituído do cargo por pugnar pela observância dos padrões referenciais administrativos que devem ser destinados aos fins públicos almejados por toda a sociedade”.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários