Covid-19: nenhuma região do RN apresenta taxa de transmissibilidade acima de 1

Publicação: 2020-10-01 12:55:00
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) atualizou os dados epidemiológicos da covid-19 no Rio Grande do Norte. Segundo o novo boletim,  2.395 potiguares morreram em decorrência da covid-19, um dos óbitos foi registrado nas últimas 24 horas. Os casos confirmados  somam 69.714, e casos suspeitos são 37.407. De acordo com a nova atualização desta quinta-feira (01), nenhuma região  do Estado apresenta taxa de transmissibilidade acima de 1.

Créditos: Alex Régis


O índice geral de transmissibilidade está em 0,93. Por região, a R(t) está distribuída da seguinte maneira: Agreste, 0,76; Oeste, 0,83; Mato Grande, 0,90; Seridó, 0,90; Trairi/Potengi, 0,75; Alto Oeste, 0,92; RM, 1,00; e Vale do Açu, 0,74.

Esse número acima de 1 na taxa de transmissibilidade representa como cada pessoa contaminada pelo coronavírus transmite a doença para outras pessoas, o que é considerado perigoso pelos especialistas.

Na quarta-feira (30), três regiões apareciam em "zona vermelha", com o índice acima de 1, eram as regiões do Trairi/Potengi, Mato Grande e Região Metropolitana. 

Leitos
Atualmente, 241 pessoas estão internadas em unidades de saúde públicas e privadas, com suspeita ou confirmadas com a doença em leitos clínicos e também críticos. Cinco pacientes estão aguardando regulação para um leito crítico, 10 para leito clínico e 4 aguardam transporte.

A taxa geral de ocupação de leitos críticos da rede SUS é de 39%. Por região, essa taxa é de 48% no Oeste, 50% no Mato Grande, 36% nas Regiões Metropolitana de Natal e Potengi/Trairi, 31% no Seridó, 60% Alto Oeste, e na Região do Agreste não há ocupação.



Com informações da Sesap