Cookie Consent
Natal
Covid-19: ocupação de leitos para pacientes críticos chega 28% no RN
Publicado: 12:03:00 - 21/04/2020 Atualizado: 12:07:12 - 21/04/2020
A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte atualizou os dados sobre o enfrentamento ao novo coronavírus no estado, no fim da manhã desta terça-feira (21). Até o momento, há 608 casos confirmados e 29 mortes, além de oito óbitos sob investigação. Taxa de ocupação de leitos críticos preocupa Sesap.
Marcello Casal Jr/ABR
No RN, 57 pacientes com diagnóstico confirmado ou suspeita de coronavírus estão utilizando ventiladores

No RN, 57 pacientes com diagnóstico confirmado ou suspeita de coronavírus estão utilizando ventiladores



Leia Mais


De acordo com o secretário-adjunto de Saúde do estado, Petrônio Spinelli, a taxa de ocupação dos leitos críticos da Saúde Pública saltou de 22% para 28%.

Segundo os dados expostos no boletim epidemiológico da Sesap, são 92 pessoas internadas nos leitos no Rio Grande do Norte, sendo 44 com diagnóstico confirmado e 48 com suspeita para covid-19. Dentre os que estão internados, 43 estão em unidades de saúde privada e 49 em leitos públicos.

Dentre os internados, 57 pacientes são considerados críticos e estão utilizando respiradores, segundo Petrônio Spinelli. São 33 em leitos de UTI (20 no privado e 13 no público) e 24 em unidades semi intensivas (20 nos público e 4 no privado).

"É um número que nos preocupa, porque queremos ficar abaixo de 30% de ocupação (na rede pública) até o momento em que haverá o pico com o crescimento exponencial. É importante para que as pessoas entendam que estamos baseados em estatisticas e por isso a nossa preocupação", disse o secretário, apontando um crescimento maior no número de internados em Natal e Mossoró, com situação ainda tranquila em Pau dos Ferros e Caicó.

Ainda segundo Petrônio Spinelli, o Estado tem atuado para abrir leitos nos dois maiores centros (Natal e Mossoró), para que ocorra ainda nesta semana o retorno a um patamar considerado mais confortável sobre a ocupação de leitos para pacientes críticos. Contudo, o secretário afirmou que as demais regiões seguem sendo atendidas.

"Temos toda pressa e necessidade de união, mas temos que lembrar que precisa de racionalidade na construção desse plano. Temos um planejamento de assistência regionalizado que está em andamento de forma muito forte. Analisando cada região, perfil de cada uma. Há uma equipe da Secretaria viajando e vamos trabalhar fortemente em pontos assistenciais, atenção básica", disse o Spinelli. "Nenhuma regiçao está esquecida e o plano está sendo construído de forma paulatina de acordo com boletim epidemiológicos. O plano de expansão de leitos críticos está em andamento e eles vão chegar a todas as regiões", finalizou.

Números

608 confirmados
2.754 suspeitos
2.575 descartados
161 recuperados
92 internados (44 confirmados e 48 suspeitos)
57 em estado crítico
29 mortes (8 em investigação)




Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte