Covid-19: RN não registra mortes nas últimas 24h, casos confirmados se aproximam de 80 mil

Publicação: 2020-10-26 13:20:00
O Rio Grande do Norte não registrou nenhum óbito nas últimas 24 horas em decorrência da covid-19, o número total de potiguares que morreram pela doença é de 2.563. A informação foi dada em coletiva realizada hoje (26) pela Sesap. A nova atualização também apontou que o Estado se aproxima dos 80 mil casos com o número acumulado de casos confirmados desde o início pandemia até agora em 79.908.

Créditos: Leopoldo Silva

A Secretaria também informou que o Rio Grande do Norte apresenta 30.082 casos suspeitos, 187.835 descartados. 359 mortes também estão em investigação.

A faixa etária com maior concentração de casos confirmados pela Covid-19 no Rio Grande do Norte são de adultos entre 20 e 59 anos de idades, com 76,82% (61.389). Crianças e adolescentes correspondem a 5,8% (4.643) dos casos e idosos a 17,28% (13.803). Ainda assim, os casos de óbitos prevalecem na faixa etária idosa, com 70% de mortes confirmadas para o novo coronavírus.
 
“Quando analisamos a maior incidência dos casos, eles estão concentrados na faixa população economicamente ativa. Agora, quando analisamos a taxa de mortalidade, percebemos que - assim como na maioria dos países e desde o início da pandemia – a taxa de mortalidade prevalece na população idosa”, ressaltou Cipriano Maia.

É importante reforçar que a proteção para esse grupo e também para pessoas com comorbidades, que representam 12.864 pessoas acometidas pela doença e 1.295 óbitos, são necessárias para evitar o risco de que tenham casos graves. “Primeiramente, precisamos continuar a estabelecer o distanciamento social e, segundo, toda a população adotar as medidas de higiene evitando o favorecimento do contágio porque se a gente reduz a contaminação, diminuímos os riscos para essas pessoas”, pontuou o secretário.

Leitos
A taxa de ocupação dos leitos críticos públicos está em 33%, de acordo com dado obtido no Regula RN. 

Na região Metropolitana, a ocupação é de 29%, no Oeste é de 45%, já no Alto Oeste, o índice é de 100%, as regiões do Seridó e do Trairí/Potengi estão com 18% cada e tanto o Mato Grande como o Agreste potiguar não possuem ocupação.


Você pode assistir a coletiva desta segunda-feira aqui:








Matéria atualizada às 14:37h
Com informações da Assessoria de Comunicação da Sesap




Leia também: