TN Família
Cronobiologia classifica dormidores por categorias
Publicado: 00:00:00 - 30/09/2012 Atualizado: 12:20:46 - 29/09/2012
Há um antigo ditado que diz: “Deus ajuda a quem cedo madruga”. Existe também uma convenção social, espécie de tabu, principalmente entre os mais velhos, de que quem acorda tarde é preguiçoso — como se todos fossem obrigados a acordar com os primeiros raios de sol, trabalhar o dia inteiro e guardar a noite para o repouso. A neurologista Isadora Queiroz, especialista em distúrbios do sono, discorda e cita haver pessoas que não conseguem acordar cedo simplesmente por não conseguir dormir mais cedo. “E não é que essas pessoas sejam preguiçosas.”

há os que conseguem variar o horário de dormir e de acordar; outros só conseguem dormir de madrugada; e os que dormem menos de seis horasDe acordo com a neurologista, a cronobiologia divide as pessoas em três tipos distintos. A grande maioria consegue variar o horário de dormir e de despertar, descansando por oito horas, no período escuro, do dia de 24 horas. “Existem algumas pessoas que chamamos de  corujas. Cientificamente são aquelas com atraso de fase de sono. Nelas, o hormônio do sono, a melatonina, e toda a fisiologia não funcionam no mesmo horário de 24h que o nosso, encaixado o dia com a noite. São pessoas que conseguem dormir, às vezes 1h ou 2h da manhã, e, consequentemente, tendem a acordar mais tarde”, comenta Isadora Queiroz.

São pessoas que, de acordo com a médica, se acordam cedo não têm fome, não conseguem raciocinar direito e à medida em que o tempo vai passando, no correr do dia, em vez de ficarem mais cansadas, mesmo que tenham dormido pouco, vão ficando mais acordadas. Elas rendem muito melhor à noite. São  pacientes com atraso de fase de sono, como explica Isadora. “Mas existem também os pacientes com avanço de fase de sono. É o contrário: pessoas que acordam às 3h da manhã e 16h/17h já estão querendo dormir. É como se o fuso horário deles não estivesse igual ao da maioria.”

Aqueles que dormem demais, ou trocam o dia pela noite, acabam tendo também problemas sociais e de convívio com a família. Um exemplo é aquele pai ou mãe que só conseguem acordar depois do meio dia — seja por hábito ou como consequência da profissão.
Neurologista Isadora Queiroz é especialista em distúrbios do sono
“Tem gente que vai dormir cinco da manhã e acorda às cinco da tarde. Não consegue conviver com as pessoas de casa, não fazem uma única refeição com a família”, diz a neurologista.

Segundo ela, essa maioria que consegue variar os horários do sono, quando acorda cedo, o dia iluminado realmente rende bem mais. Porém, é preciso haver uma regularidade. “Hoje eu acordo às 6h, amanhã às 9h, no outro dia às 10h, no sábado acordo às três horas da tarde. Isso prejudica mais. O ideal é que a gente tenha mais ou menos um horário de dormir, outro de levantar, incluindo essas pessoas com atraso e avanço de sono.”

Outro tipo ressaltado pela neurologista, ainda se referindo a cronobiologia, são os dormidores curtos; pessoas que conseguem dormir menos de seis horas por noite, rendem muito bem o dia inteiro e não ficam sonolentos. "Enquanto isso, existem os dormidores longos, que são pessoas que precisam dormir mais de oito horas por noite para conseguir funcionar direito. Em geral, você nota que os dormidores curtos são mais ativos, porque precisam de menos tempo".

Bate-papo: Marcos Lima - neurologista

Qual importância de uma boa noite de sono?

Nossa vida diurna fica, digamos, facilitada quando se dorme bem. O contrário também ocorre. Quando a gente não dorme bem dificulta o nosso dia, o contato com as pessoas, o nosso trabalho, nosso desempenho em nossas atividades. Enfim, o sono é importante para isso e para nos preparar para o dia seguinte.

Acordar cedo está sempre relacionado ao sono reparador? 

O importante não é acordar cedo, mas sim dormir bem. Se uma pessoa dorme oito, nove horas, mas acorda indisposto, significa que mesmo a quantidade de horas sendo suficiente, independente da hora em que ela acordou, se foi cedo ou tarde, ela não teve um sono de qualidade. O importante é a gente saber que a privação do sono não é só de quantidade, é qualidade. Tem pessoas que dormem poucas horas — que é um tipo de dormidor curto — e já têm o suficiente para ter o efeito reparador e passa o resto do dia bem, não tendo nenhum prejuízo com isso. O objetivo principal do sono, além desse efeito reparador, é manter bem o nosso contato com o ambiente no outro. Esse é o primeiro objetivo. Como se fosse uma empresa: tem as pessoas que trabalham durante o dia, e à noite vem o pessoal da limpeza para deixar tudo pronto para quem for trabalhar no outro dia, encontrar tudo organizado e dar continuidade.

Existe uma faixa etária mais propensa a acordar cedo ou que tenha mais dificuldade de levantar da cama?

Na realidade o que a gente tem é uma faixa etária que tem dificuldade de acordar cedo, que é a do adolescente. Existe uma tendência a um retraso de fase. Com o passar do tempo, existe uma facilidade de se adaptar a esse horário de acordar mais cedo. O idoso necessita de menos horas de sono e tem uma facilidade maior de acordar mais cedo. O adolescente é que sofre mais.

DEPOIMENTOS

“Dormir e dormir bem é a melhor coisa que pode existir para a saúde. Acordar cedo também. Agora, se você vai dormir cedo, você tem tendência a acordar cedo. Acredito, pelo menos eu, que você acorda mais disposta, assim como um passarinho, feliz da vida, rindo, porque você dormiu bem, acordou bem”
Lúcia Viana
professora universitária

"A nossa energia é outra. Você tem o pique para o dia todo, com sobras".
Elias, oficial de justiça

“Começar o dia cedo, você pode se programar melhor para o dia, além do que aproveitar para fazer atividade física que, inegavelmente, é um benefício para a saúde. Dependendo da época do ano, fica mais difícil, como quando o clima está mais frio. Mas quem acorda cedo e já encontra as ruas com muita gente caminhando, fazendo atividade física, que é um hábito adotado pela cidade; e não é raro, é comum as pessoas acordarem cedo para praticar atividades físicas.” 
Pedro Siqueira, advogado

“Eu acho maravilhoso. Eu tenho o hábito de acordar cedo. Hoje eu cheguei (para caminhar) às cinco horas da manhã; amanhã vou chegar mais cedo porque eu vi que é super-importante, pelo ar, que é mais puro, e não tem sol, apesar de a gente precisar do sol. Estou me sentindo iluminada. Estou me sentindo maravilhosamente bem. Já caminhei uma hora, já fiz meus alongamentos e estou pronta para o dia, super disposta. 
Maria do Socorro Santos da Silva, aposentada

“São vários os benefícios. Acordar cedo proporciona disposição para as atividades laborais durante o dia. Você pode desfrutar de uma temperatura mais suave. O efeito na mente é evidente, pois a pessoa se sente melhor, com mais disposição. Outra coisa é a interação com a natureza, que melhora corpo e mente. A medida que se tem um melhor funcionamento da mente, obviamente vai se ter um pensamento mais límpido. A harmonia coma natureza é tanta que você absorve como uma esponja.”
Gilson Andrade, 55 anos, bancário
Gilson Andrade gosta de acordar cedo e manter contato com a natureza, exercitando-se
COMO ACORDAR CEDO E BEM

DURMA BEM

Não adianta dormir 12 horas por noite se elas forem mal dormidas. Por mais que você durma seis, sete horas, é essencial que elas lhe descansem. Você sempre terá dificuldade de acordar se dormir mal.

TORNE O LUGAR QUE VOCÊ DORME FAVORÁVEL AO DESCANSO

Um ambiente escuro, sem TV ou outros aparelhos que possam atrapalhar o sono, é um grande aliado para se tenha uma boa noite de sono e descanso. No frio, prepare a cama de forma a não facilitar despertares durante a madrugada para se cobrir melhor ou fechar a janela, por exemplo.

ATENÇÃO COM O QUE COME ANTES DE DORMIR

É bom evitar alimentos que possuam ingredientes energéticos, tipo café, refrigerantes à base de cola, produtos com xarope de guaraná e outros que dificultem a chegada de um sono tranquilo. Se o clima estiver frio, aproveite e tome uma bebida quente, tipo chá. 

SEJA SINCERO COM VOCÊ MESMO

Para acordar na hora em que o despertador tocar e realmente levantar da cama, seja no frio ou no calor, é importante ser sincero consigo e entender a importância de não perder a hora nem aquele compromisso importante planejado há dias.

SAIBA EXATAMENTE O QUE TEM QUE FAZER AO ACORDAR

Calcule o tempo gasto, ao acordar, para para tomar banho, escovar os dentes, vestir-se, tomar café, deixando uma margem de tempo para possíveis imprevistos.

TENHA UMA BOA RELAÇÃO COM SEU DESPERTADOR

Para a grande maioria das pessoas, ouvir o despertador tocar logo cedo é um verdadeiro pesadelo. Em muitos aparelhos, principalmente celulares, você pode trocar os toques tradicionais, quase sempre estridentes, por canções. Escolha uma que você goste.

ESTIPULE RECOMPENSAS PARA VOCÊ MESMO

Premie sua disciplina. Se você consegue acordar na hora em que programou, ou até mesmo antes do despertador tocar, premie-se com qualquer coisa. O que vale é o incentivo!



Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte