Cruzeiro busca superar desfalques para encerrar jejum antes de pausa

Publicação: 2019-06-12 07:34:00 | Comentários: 0
A+ A-
Classificado para as quartas de final da Copa do Brasil e com a segunda melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, o Cruzeiro ainda está muito longe de ser protagonista no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, porém, às 21 horas, contra o Fortaleza, no Castelão, o time de Mano Menezes vai buscar colocar fim a um jejum de oito jogos sem vitória.

Zagueiro Dedé prega respeito ao Fortaleza, mas diz que equipe está confiante para realizar um bom jogo
Zagueiro Dedé prega respeito ao Fortaleza, mas diz que equipe está confiante para realizar um bom jogo

São cinco partidas pelo Brasileirão sem vencer desde a terceira rodada, quando bateu o Goiás, em casa, por 2 a 1, mais duas pela Copa do Brasil e uma pela Libertadores. Nos torneios de mata-mata, conseguiu se manter inabalável e seguiu adiante, mas o mau desempenho no Brasileirão deixou a equipe com apenas oito pontos em oito rodadas e uma 14ª posição que não pode ser considerada nada satisfatória para quem ainda sonha com o título.

O zagueiro Dedé, no entanto, faz uma leitura otimista do momento e procurou analisar as atuações do time sob outro aspecto. "Os últimos jogos, apesar dos empates, foram muito bons. Contra o São Paulo, mostramos um jogo diferente, em que poderíamos ter saído com a vitória. Por detalhes não saímos. Contra o Corinthians, o próprio goleiro deles foi o destaque do jogo. Contra o Fluminense, um torneio diferente (Copa do Brasil), ainda mais que tomamos um gol antes, foi um jogo mais exposto", explicou o camisa 26.

Para retomar o caminho das vitórias no Castelão, o defensor aposta na experiência do elenco diante de um adversário forte dentro de seus domínios. “Teremos que lidar com isso, jogar com essa pressão, mas nosso time é maduro e vai saber jogar contra isso”, apontou Dedé, após o último treino da equipe mineira, no CT do Floresta, na capital cearense.

Além dos comandados de Rogério Ceni, o técnico cruzeirense Mano Menezes terá de lidar con muitos desfalques. Os laterais Edilson (ainda com edema na panturrilha direita)e Egídio (com dengue), o volante Lucas Silva (dores na coxa), o meia Rodriguinho (dor lombar) e o atacante Fred (edema na coxa) estão de fora e sequer viajaram ao Ceará.

Estadão Conteúdo
















continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários