Cruzeiro perde para Lusaca-BA na Arena das Dunas

Publicação: 2019-04-15 17:35:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ícaro Carvalho
Repórter

Não deu para o Cruzeiro de Macaíba na segunda rodada da Série A2 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. As potiguares foram derrotadas por 4 a 2 pelo Lusaca-BA, e se complicaram no torneio. Lidy Nascimento (duas vezes), Ellen Santana e Míuda marcaram os gols da equipe baiana; Deize e Leandra marcaram para as potiguares.

Com o resultado, a equipe do RN segue com um ponto ganho em dois jogos. Já o Bahia Lusaca tem seis pontos e agora lidera o grupo 3 do certame. No próximo sábado (20), a equipe enfrenta o Náutico, no estádio de Pituaçu. Já o Cruzeiro encara o Canindé-SE, no dia 21 de abril, fora de casa.

Equipe potiguar faz o seu primeiro jogo em casa na competição
Equipe potiguar teve dificuldade diante do Bahia Lusaca e saiu derrotada



O jogo
Fazendo sua primeira partida em casa na competição, o Cruzeiro demonstrou nervosismo nos minutos iniciais. Numa bola parada, a bola ficou viva na grande área: no chute, Lidy Nascimento arrematou, a bola passou pela goleira Açaí e entrou. Bobolo ainda tentou tirar, mas a bola havia ultrapassado a linha.

As potiguares tinham dificuldades de articular suas jogadas e erravam muitos passes, com as baianas dominando o jogo. Poucos minutos depois, em jogada pela esquerda, Lidy invadiu a área e ampliou.

Nos últimos minutos, o time potiguar se organizou e passou a criar chances: Deize, duas vezes, e Valquiria, perderam boas oportunidades de abrir o marcador.

No segundo tempo, as meninas voltaram dispostas a empatar a partida e logo conseguiram diminuir o prejuízo: Deize, de pênalti, marcou.

Cruzeiro de Macaíba

A torcida cruzeirense se empolgou e o time também, mas ficou apenas nisso. As potiguares erravam muitos passes e tinham dificuldades em sair jogando.

O Lusaca-BA, superior no jogo, chegava aos poucos e criava as melhores chances, mas não marcava. Numa cobrança de escanteio, Lidy Nascimento desviou de cabeça e ampliou: 3 a 1. Na sequência, Miúda Mattos, também de cabeça, deixou as baianas em situação confortável no jogo.

O Cruzeiro ainda viria diminuir nos minutos finais, mas já era tarde. Fim de jogo. O que ficou de marcante foi a torcida cruzeirense aplaudindo incessantemente o esforço das meninas do RN. Cerca de 450 torcedores acompanharam a partida.

Bom público marca jogo
O que chamou a atenção na partida da Arena das Dunas foi o bom público para a partida, visto que o futebol feminino ainda engatinha no RN e no Brasil, conforme mostrou reportagem da TRIBUNA DO NORTE em março deste ano. Cerca de 450 torcedores acompanharam a partida, marcada para às 15h de uma segunda-feira, horário incomum e sem grande apelo para uma partida de futebol.

O presidente Francisco Menguita, Gaita, explicou que a escolha pelo horário se deu pelos menores custos, já que quem custeia os jogos do Cruzeiro na Arena é a FNF. Segundo ele, havia um receio de que o público não comparecesse à Arena. De 900 ingressos distribuídos, pouco mais da metade acompanhou o jogo no palco de Copa do Mundo pagando apenas um quilo de alimento.

Quem esteve no estádio para acompanhar o jogo foi o militar aposentado da Aeronáutica José Gomes, 60, e a filha Beatriz Martins, 18 anos. Naturais de Salvador-BA, vieram à Arena para apoiar o time da terra. “Minha filha disse: pai, o Bahia vai jogar aqui em Natal. Ela se interessou em vir e nós viemos”, disse, lamentando ainda a falta de divulgação e comemorou o bom público.

Quem também foi ao jogo foi Maria Osani, 44 anos, comerciante. Mãe da capitã Tutu, machucada, ela decidiu ir ao jogo mesmo sem a filha estar em campo. “O futebol feminino é muito carente dessas coisas. Não é nem pela minha filha, mas a gente tem que vir mesmo para apoiar o Cruzeiro”, disse, enquanto lamentava uma chance perdida pelo clube da filha.

Ficha Técnica

Cruzeiro (2): Açaí, Marília, Graça, Raquel, Bobolo, Thafila, Andréia, Deize, Clara, Lidiane, Valquíria. Técnico: Bernardes Filho

Lusaca Bahia (4):  Mayara; Nine, Jamille, Calhau e Tai Ferreira (Glória) ; Lidy Nascimento, Brenda (Geovana), Thaynara e Eddie Almeida; Laís e Ellen Santana. Técnico: Maurício Meirelles

Local: Arena das Dunas, Natal-RN

Gols: Lusaca-BA: Lidy Nascimento (duas vezes), Ellen Santana e Míuda; Cruzeiro-RN: Deize e Leandra










continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários