Cruzeiros que atracariam no Porto de Natal têm viagens canceladas

Publicação: 2020-03-18 16:50:00
A+ A-
Três cruzeiros que atracariam no Porto de Natal, localizado na zona Leste de Natal, foram cancelados e não vão mais visitar à capital potiguar. A informação foi confirmada à TRIBUNA DO NORTE pela Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern).

De acordo com informações, a companhia, que administra o Porto de Natal, foi informada pela Agência Marítima responsável pelos passeios que os cruzeiros foram cancelados. O Codern não sabe informar de onde os cruzeiros teriam partido, uma vez que a empresa só sabe após o pedido de atracação.
Créditos: Magnus NascimentoNa semana passada, navio atracou em Natal com 578 passageirosNa semana passada, navio atracou em Natal com 578 passageiros

Aliado a isso, o Codern também não tinha a informação de quantas pessoas estariam alocadas em cada cruzeiro, uma vez que essa informação também só está disponível com o pedido de atracação.

Na última quarta-feira (11), um navio de cruzeiro com bandeira das Bahamas atracou no porto de Natal. Eram 578 passageiros. A Codern disse, à época, que os passageiros estavam sendo monitorados de acordo com os protocolos de prevenção ao coronavírus.

Os turistas desembarcaram na manhã da quarta e circularam por alguns bairros da zona Leste de Natal, como a Ribeira, Cidade Alta e Rocas.

Não havia qualquer registro ou relato de pessoas com sintomas que pudessem ser associados à infecção por Covid-19.

Apesar de não haver registros de sintomas entre os passageiros, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), disse era preciso levar em consideração que a embarcação saiu da Europa quando sequer havia registro de casos naqueles países. Apesar disso, o contato com os tripulantes é feito de forma corriqueira para que o monitoramento seja feito.

O navio saiu de Mônaco, sul da França, no dia 06 de janeiro. O navio passou por Málaga, na Espanha, e também fez paradas no Caribe, Argentina e também no Rio de Janeiro e na Bahia.








Deixe seu comentário!

Comentários