Curió recria ambiente das velhas mercearias

Publicação: 2017-11-02 00:44:00 | Comentários: 0
A+ A-
Após os botecos estilizados, o restaurante Curió, em Ponta Negra, criou uma nova vertente: a bodega gourmet. Com uma caprichada ambientação inspirada nas mercearias nordestinas do século passado, a casa aposta na culinária regional para fisgar o paladar - e também a memória afetiva - de sua clientela.          

Nas prateleiras do Curió a identificação faz parte da brincadeira: Do Leite de rosas ao vinho Carreteiro
Nas prateleiras do Curió a identificação faz parte da brincadeira: Do Leite de rosas ao vinho Carreteiro

O visual do restaurante é seu primeiro atrativo: prateleiras repletas de produtos estão espalhadas por todo o ambiente. E tem de tudo, como nas velhas bodegas: de cestas de palha a lamparinas, passando por brinquedos de madeira, gaiolas, santos, cosméticos de marcas clássicas, feijão, arroz, e algo mais. “Mas nada disso está à venda, é só decoração”, brinca Thiago Gadelha, proprietário ao lado dos sócios Felipe Fonseca e Heitor Gadelha. O local comporta 200 pessoas.

Os sócios, também proprietários do restaurante Hamachi, trabalharam na concepção da casa durante sete meses. “A gente queria algo totalmente diferente do Hamachi. Algo com uma culinária simples, que todo natalense conhece, mas com uma roupagem nova”, explica Thiago. O chef Welder Albuquerque elaborou o cardápio. Para montar o visual da casa, foram muitas voltas pelo Alecrim, Ribeira, Cidade Alta,  antiquários e brechós.       

O cardápio também engloba o conceito da casa. Há pratos exclusivos, como o kakuni de porco (lombo suíno em cubos caramelizados com rapadura); sobrecoxa de frango desossada e empanada, o Ki Frango Cacetêro (brincadeira com a rede americana KFC); bife de alcatra empanada com panko; picado de carneiro com cuscuz; iscas de fígado aceboladas; linguiça de pernil suíno, e até o velho fiambre bovino em lata (o famoso “kitut”) em versão grelhado com tomate, cebola e pimenta refogados na manteiga de garrafa, e acompanhado por pão carteira.

A coxa desossada e empanada ganhou o nome de o Ki Frango Cacetêro (KFC)
A coxa desossada e empanada ganhou o nome de o Ki Frango Cacetêro (KFC)

Entre os pratos para dois tem rabada, carneiro torrado, galinha caipira, moqueca de dourado, bife à parmegiana, camarão ao creme de jerimum, e contra-filé de sol grelhado. Às sextas-feiras tem um autêntico chambaril, e aos sábados, feijoada. Na cumbuca tem maxixada no leite de coco com camarão; caldo de camarão; dobradinha completa, e escondidinho de carne.

No pilão sai a paçoca clássica, e também a diferentona “paçoranga”, uma paçoca de caranguejo com moqueca de feijão verde. Na porção botequim do Curió, tem coxinhas de galinha e de pato, com nata e cheiro verde na massa; bolinho de bacalhau; tábua com cubos de coalho crocante, goiabada picante e croutons de bacon. Na parte doce do menu, cartola, cocada mole, pudim de caramelo, brownie, e doce de leite da casa. A casa tem música ao vivo na terça (samba), seresta (quarta) e sábado (chorinho).

Serviço:
Curió. Av. Praia de Ponta Negra, 8868, Ponta Negra. Aberto diariamente (para almoço, menos na segunda). Tel.: 3346-1721.

Kakuni de Porco é o lombo caramelizado com rapadurae risoto
Kakuni de Porco é o lombo caramelizado com rapadura e risoto


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários