Economia
Currículo requer cuidado especial
Publicado: 00:00:00 - 05/10/2014 Atualizado: 17:42:56 - 04/10/2014
Conhecimento prévio em vendas, postura profissional e interesse na área são alguns dos pontos que vão contar para quem pretende garantir uma vaga no comércio neste fim de ano. Com a desaceleração das vendas no comércio sentida durante todo o ano de 2014, especialistas afirmam que se destacarão os profissionais que tiverem um currículo bem elaborado em mãos, que souberem se apresentar bem durante as entrevistas e que, se contratados como temporários, ajam como se já estivessem ocupando uma vaga permanente, ou seja, com dedicação total. O currículo é o ponto de partida para a cruzada rumo ao emprego e por isso deve ser elaborado com todo o cuidado. Na avaliação de Luís Guilherme Testa, gerente de estratégia da Catho – que atua na web como um classificados de empregos – ele precisa ser claro, objetivo e sucinto, trazendo as principais realizações do candidato durante sua trajetória profissional. “O currículo é o primeiro contato com o selecionador, sendo assim, poderá abrir ou fechar portas”, afirma.
Shopping em Natal: O comércio deve abrir 6 mil vagas temporárias este ano, mas índice de efetivação como empregado permanente pode recuar: É preciso sobressair
Nas entrevistas, diz ele, é importante ser educado, falar pausadamente e explorar ao máximo a experiência profissional que possui. Ser um bom ouvinte, sem interromper o entrevistador em hipótese alguma é outro fator importante. Além disso, explica o gerente da Catho, é fundamental ter postura séria e profissional – mas sem deixar de agir com naturalidade – e evitar erros de português.

“Para se preparar é fundamental que o profissional certifique-se da data, local e horário marcado, programar o caminho que irá fazer, estudar o currículo e buscar informações sobre a empresa contratante”, ressalta Luís Guilherme Testa.

Leia Mais

Ao chegar lá, após a conquista da vaga temporária, é preciso ser pró-ativo e demonstrar agilidade se o profissional deseja uma vaga permanente na empresa. “O trabalho deve ser considerado como efetivo desde o primeiro dia”, destaca o gerente da Catho. Com 2 mil vagas previstas para o período nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste, a rede Walmart – responsável pelas bandeiras Bompreço, Sam’s Club e Maxxi Atacado no RN – deverá começar a contratar temporários no mês de novembro. Mas para concorrer, é preciso cadastrar o currículo no site da empresa, na área “Trabalhe Conosco”.

De acordo com a empresa, em média 20% dos profissionais admitidos para vagas temporárias são efetivados. Mas para isso, conforme nota da varejista, o candidato deve possuir comportamentos que demonstrem comprometimento na realização do seu trabalho, além de cuidado com o cliente, iniciativa e atitude de dono do negócio. As vagas que deverão ser abertas este ano são para as funções de auxiliar de operações, conferente e separador. O número de oportunidades separado para o Rio Grande do Norte e os demais estados ainda não foi divulgado. A TRIBUNA DO NORTE também procurou empresas em setores como vestuário e eletrodomésticos, mas elas não revelaram as perspectivas de contratações.

Foco
Na avaliação de Isabela Mendonça, coordenadora do curso de Gestão de Recursos Humanos da Universidade Potiguar (UnP), os candidatos devem ter foco e não distribuir currículos em qualquer lugar. “É preciso ter um objetivo específico da área que quer atuar”, diz.

Interesse e afinidade pela área em que está concorrendo também é fundamental para garantir não só a vaga de temporário, mas também a permanente, após o período natalino, explica Isabela Mendonça. “E muita gente pensa que o contrato temporário é só para aquele momento, mas a postura deve ser de um emprego como qualquer outro. Quem vai com a postura de que só está lá para pagar as contas do fim do ano se dá mal”, afirma.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte