Cursos de medicina elevam notas de corte no SiSU para instituições públicas no RN; veja

Publicação: 2020-01-23 00:00:00
Os candidatos que buscam uma vaga no curso de medicina em uma instituição de ensino do Rio Grande do Norte precisarão superar notas de corte que circulam entre 736,04 - na Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) em Mossoró - e 884,56 - na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Caicó). A média da cidade do Seridó, inclusive, é a sexta maior de todo o país, segundo as notas divulgadas às 0h desta quarta-feira, 22, no portal do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A maior nota foi registrada em Universidade Federal do Maranhão (UFMA) na ampla concorrência, quando o candidato que estava no limite das 25 vagas somou nota de 928,13.

Créditos: Arquivo/TNNotas de ponto de corte são atualizadas todos os dias à meia-noite enquanto ocorre a inscriçãoNotas de ponto de corte são atualizadas todos os dias à meia-noite enquanto ocorre a inscrição
Notas de ponto de corte são atualizadas todos os dias à meia-noite enquanto ocorre a inscrição

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Educação, serão 20 vagas ofertadas na modalidade da ampla concorrência no Campus Caicó da UFRN, maior nota de corte de todo o Estado. A instituição segue adotando o argumento de inclusão, que é quando é acrescentado um bônus de 20% na nota final para os candidatos que tenham cursado o último ano do ensino fundamental e o ensino médio completo em escolas públicas ou privadas em 15 microrregiões do RN e PB (excluindo os candidatos que concluíram por meio de exames supletivos). Ainda existem 20 vagas na instituição distribuídas em cotas sociais.

Já em Mossoró, na Unidade Sede da Ufersa, a nota de corte para a ampla concorrência no curso de medicina estava em 736,04 no balanço divulgado pelo Ministério da Educação, às 0h desta quarta-feira. A nota foi a menor registrada (na ampla concorrência) nas instituições de ensino do RN. A Ufersa, no entanto, não adotou o argumento de inclusão para a oferta do curso.

Existem outras duas instituições de ensino para o curso de Medicina no RN, ambas em Natal: no Campus Natal da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Uern), a nota de corte da modalidade de ampla concorrência estava em 837,77. Vinte e seis vagas serão oferecidas na modalidade e a instituição adotou argumento de inclusão; já no Campus Natal da UFRN, a nota de corte na ampla concorrência (com o argumento de inclusão adotado) ficou em 762,79. Para a modalidade, 50 vagas foram reservadas.

As notas serão atualizadas diariamente, sempre às 0h, pelo Ministério da Educação (MEC) no próprio portal do Sisu. O Sisu é a principal porta de entrada de estudantes para universidades públicas que leva como base as notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção começou às 0h da terça-feira, 21, e se estenderá até às 23h59 do domingo, 26.

Anteriormente, o prazo final para inscrição no Sisu era até a sexta-feira, 24, mas acabou adiado até o domingo devido aos equívocos na correção das provas de, pelo menos, 6 mil candidatos. O anúncio do adiamento foi feito pelo Ministro da Educação, Abraham Weintraub, em seu perfil oficial no Twitter na última segunda-feira, 20.

Outros cursos
A procura foi extensa também para outros cursos de graduação na UFRN. De acordo com o Sisu, apenas a instituição federal ofereceu 107 cursos nos cinco campi da instituição no estado: Natal, Currais Novos, Macaíba, Caicó e Santa Cruz.

O curso de direito no Campus Caicó apresentou uma das maiores notas de corte de todo o RN. Na modalidade ampla concorrência, com a adoção do argumento da inclusão, a menor nota dentro das vagas após a primeira parcial divulgada pelo MEC ficou em 809,45. Existem outras 25 vagas destinadas às cotas sociais para o mesmo curso.

Para o curso de psicologia no Campus Natal, a nota da ampla concorrência, com oferta de 22 vagas, ficou em 696,85. Já em Santa Cruz, em razão do argumento de inclusão, o ponto de corte foi superior: 765,73. O mesmo curso no Campus Natal, com oferta de 50 vagas, apresentou ponto de corte em 699,21.

O curso de Engenharia Civil só é oferecido pela UFRN no Campus Natal. Ao todo, são 100 vagas à disposição dos candidatos, 50 delas para a modalidade de ampla concorrência, cuja nota de corte ficou em 699,51 até às 0h desta quarta-feira.

SiSU oferece 13.351 vagas no RN
O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) disponibilizou 13.351 vagas de ensino superior no Rio Grande do Norte em 2020. O preenchimento das vagas, distribuídas por 241 cursos de quatro instituições públicas, será definido até o próximo domingo (26) através da plataforma online gerenciada pelo Ministério da Educação (MEC). As notas de corte são atualizadas uma vez por dia, sempre à meia-noite, e a primeira parcial divulgada na manhã de ontem pelo MEC informava que 993.311 pessoas se inscreveram no Sistema no primeiro dia – como cada inscrito pode optar por até dois cursos, foram contabilizados 1.870.751 registros.

Além da Ufersa que abriu 2.710 vagas para 29 cursos, e a UFRN que disponibilizou 6.933 vagas em 107 cursos; também oferecem vagas no Estado o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN) que recebe inscrições para 1.278 vagas de 38 cursos, e a Universidade do Estado do RN (UERN) com 2.430 vagas para 67 cursos.

Entre as vagas ofertadas pela Ufersa, o curso Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (CeT) – que na medida que o curso avança é desdobrado nas várias vertentes da Engenharia – tem a maior disponibilidade: são 400 vagas em Mossoró para a modalidade “Integral” e outras 160 para o bacharelado no período noturno. Com as vagas somadas dos campi em Pau dos Ferros (160 vagas), Angicos (300 vagas), e Caraúbas (300 vagas), a Ufersa totaliza 1.320 vagas que representa quase 50% de todas as disponibilizadas no Sisu.

Já o curso de Letras – Libras da Federal Rural do Semiárido é o mais enxuta com apenas 20 vagas oferecidas.

Na UFRN o curso de Ciência e Tecnologia também é destaque com 1.120 vagas disponibilizadas no Sistema de Seleção Unificada do MEC, sendo 460 para o bacharelado noturno e 660 para o sistema de período integral. O curso de Direito da UFRN, outro curso de grande concorrência, abriu 250 vagas: 100 no período matutino e 100 vagas à noite em Natal, e mais 50 em Caicó no sistema integral. Medicina são 100 vagas em Natal e outras 40 no campus de Caicó.

A menor disponibilidade é para o bacharelado em História de período integral em Caicó: 15 vagas; seguido pelo bacharelado do mesmo curso no período matutino em Natal. O IFRN abriu 80 vagas para o curso superior de Análise e Desenvolvimento de Sistemas em Natal, enquanto a menor oferta é para Biologia em Macau.

Os cursos com o maior número de vagas na UERN é Medicina (60 vagas) e Pedagogia com 60 vagas pela manhã e outras 60 à noite. Seis cursos da Universidade Estadual abriram apenas 20 vagas: Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Jornalismo, e Rádio, TV e Internet em Mossoró; Letras – Inglês no campus de Assu; e Odontologia em Caicó.

Notas de corte em cursos de medicina no RN (ampla concorrência):
UFRN – Campus Caicó: 884,56 (20 vagas)

UERN – Campus Natal: 837,77 (26 vagas)

UFRN – Campus Natal: 762,79 (50 vagas)

Ufersa – Campus Mossoró: 736,04 (20 vagas)