Curta mossoroense é vencedor de festival de cinema em Baía Formosa

Publicação: 2019-12-01 18:45:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Filme “Quando o Vento Passar", do mossoroense Plínio Sá foi o grande vencedor da 10ª edição do Festival Internacional de Cinema de Baia Formosa – FINC. O evento considerado um dos mais importantes do nordeste, premiou na noite do último sábado (30/11), os melhores curtas metragens classificados nas três competitivas do Festival: Curtas de 1 minuto – Bons ventos, Perolas do RN e Mostra de Curtas Potiguares. Esse ano, o festival contou com 65 filmes inscritos e recebeu um público médio de 2.500 mil pessoas, durante os dois dias de festival.

Plínio Sá vai representar o Rio Grande do Norte, no maior festival de cinema independente da Europa, o Festival OFF Câmera que acontece anualmente na cidade da Cracóvia, na Polônia com tudo pago. Em segundo lugar ficou o curta “Para Respirar”, de Alamberg Smytth e em terceiro lugar “Sem sinal”, que contou com direção coletiva.

Na mostra de Curtas de 1 minuto – IFRN, voltado para estudantes dos Institutos Federais do estado, levou o prêmio de melhor curta metragem “Metade de Mim”, do Edmundo Duarte. O vencedor da Mostra de curtas do IFRN vai poder participar da Mostra de Curtas de São Paulo (kinoforum) do próximo ano.

As belezas do Rio Grande do Norte foram destaque na mostra Pérolas do RN. O primeiro lugar ficou com o curta “Parelhas”, de Gabriel Victor. Como parte da premiação, ele ganhou uma viagem para qualquer lugar do Brasil.Em segundo lugar ficou o filme “Registros Singulares”, de Alexandre Fonseca. Ele recebeu como prêmio, um passeio de Buggy pelas nas Dunas de Genipabu. Já na Mostra Curtas Potiguares, o vencedor foi o filme “Madrigal”, do Felipe Silva de Oliveira e vai passar um final de semana, com direito a acompanhante no Hotel Serhs Natal.

Confira a lista dos vencedores:

Curtas de 1 Minuto - Bons Ventos
1) Quando o Vento Passar - Plínio Sá;
2) Para Respirar - Alamberg Smytth
3) Sem Sinal - Direção Coletiva.

Curtas de 1 Minuto – IFRN:
1º lugar: Metade de Mim - Edmundo Duarte;

Pérolas do RN:
1º lugar: Parelhas - Gabriel Victor;
2º lugar: Registro Singulares - Alexandre Fonseca.

Mostra de Curtas Potiguares:
1ª lugar: Madrigal - Felipe Silva de Oliveira
Melhor roteiro: Chico de Cinema -Direção Coletiva
Melhor diretor: Ela, João - Sihan Félix




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários