Déficit pode piorar

Publicação: 2019-04-13 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

 O buraco é mais embaixo. O ditado popular poderá se confirmar com a piora do cenário de crescimento econômico e da arrecadação do País e, paralelamente, o aumento dos gastos. Analistas acreditam que o governo  será obrigado  a rever, para pior, a meta fiscal para o ano que vem. Até agora, a equipe econômica vinha trabalhando com a possibilidade de um déficit de até R$ 110 bilhões em 2020. Estimativas preliminares apontam, porém, para um rombo de R$ 10 bilhões a R$ 15 bilhões maior. Para este ano, a projeção é de um rombo de até R$ 139 bilhões.

Desequilíbrio
O déficit da Previdência Social dos Estados somou R$ 77,8 bilhões em 2017, mostra a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).  O estado de São Paulo ficou em primeiro lugar com o maior rombo entre os estados, registrando R$ 18 bilhões.

Indústria
Para os empresários da indústria, a desoneração da folha vai melhorar a competitividade. É aí onde a “facada” no Sistema S vai acontecer, prometida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O governo vai deixar com as empresas às contribuições ao sistema.

Serviço
O IBGE revela que o volume de serviços prestados no País recuou 0,4% em fevereiro, na comparação com janeiro e marca o segundo mês de queda.  Mais um setor importante para o País que não consegue vencer as dificuldades ainda do período de recessão. A receita nominal também apresentou queda.

Intervenção
Não é bom para o governo essa intervenção na Petrobras, ao determinar a suspensão do aumento do preço do diesel. Era melhor ter anunciado um subsidio.

Inflação em aceleração
O Indicador Ipea aponta aceleração inflacionária em todas as faixas de renda em março. O impacto nas contas das famílias de menor renda foi de 0,8%. o Aumento nos preços de alimentos contribuiu para 64% desse resultado. As maiores contribuições para esse resultado vieram de itens que afetam mais as famílias de menor poder aquisitivo, como cereais (5,2%), tubérculos (18,7%), hortaliças (6,1%) e frutas (4,3%).

Pressão
No acumulado do ano, a inflação das famílias de renda mais baixa apontou variação de 1,73, com 0,24 ponto percentual acima da registrada pelas famílias mais ricas (1,49%). Na comparação das taxas acumuladas em 12 meses, essa alta da inflação do segmento mais pobre é ainda mais significativa.

Exposição
A Exposição Agropecuária do Potengi, em São Paulo do Potengi, tem várias raças em julgamento (ranking). Hoje, a Emparn fará um leilão diferente, com uma urna onde os interessados na compra de dois tourinhos vão depositar suas propostas que serão abertas às 17 horas. Os criadores estão animados com as chuvas e esperam bons negócios.

Reservatórios
O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) elevou a perspectiva de chuvas em hidrelétricas do Sudeste em abril a 92%o da média histórica, ante 89% em previsão da semana passada, conforme relatório divulgado ontem.  O ONS ainda estima chuvas em 53% no Nordeste, versus 48% na semana passada.

Imposto (I)
Entregar a Declaração de Imposto de Renda antes ou deixar para a última hora? Sempre se fala sobre a mania que o brasileiro possui de deixar para entregar a declaração de Imposto de Renda Pessoa Física para a última hora. Contudo, será que sempre será benéfico seu um dos primeiros a entregar esse documento? Segundo o diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil Richard Domingos, a recomendação é preparar a declaração com bastante antecedência, já a entrega dependerá de cada caso. A partir da declaração pronta chega um momento de análise da melhor data de entrega.

Imposto (II)
Os contribuintes confundem elaborar a declaração com a entrega do documento. É importante que se saiba que pode estar com o documento totalmente preparado e mesmo assim planejar a melhor data de entrega, que dependerá de variáveis como: situação financeira do contribuinte, se vai ter restituição ou se terá que pagar impostos ao governo, dentro outras questões”. Contudo, Richard Domingos reforça um alerta: “pode ser interessante planejar o prazo de entrega e não a elaboração do documento. O ideal é já ter a declaração preparada o quanto antes, caso o contrário poderá enfrentar diversos problemas, como falta de documentos ou falta de tempo de análise de opções”.

Credenciamento
O Esquadrão de Saúde de Natal, das Forças Armadas, faz chamada pública para credenciamento de organizações civis de saúde e profissionais de saúde autônomos, para a prestação de serviços diversos, incluindo urgência e emergência 24 horas.  As documentações serão recebidas a partir do dia 17 próximo, no Esquadrão de Saúde de Natal, em Emaús, Parnamirim.










continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários