Dançar, não importa a pista

Publicação: 2017-07-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O que atrai as pessoas para uma pista de dança? Inicialmente, a vontade de dançar. Depois vem o ambiente, a música, a proposta, e as expectativas que o local provoca em torno de si. E tudo isso condicionado ao gosto pessoal de cada um. O roteiro natalense de lugares para dançar se movimenta conforme o ritmo, e também passa por variações e tendências. Além das tradicionais boates, tem borbulhado pela cidade a ocupação de vários espaços que – apesar de não serem originalmente – estão se tornando pistas de dança. Bares, bistrôs e casas de shows recebem festas animadíssimas, com público crescente.

Boates
A Pink Elephant faz parte de uma rede internacional de clubs noturnos, mas soube se adaptar totalmente aos gostos natalenses. A casa recebe um público jovem, na casa dos 20 anos, e que gosta de sertanejo, forró, e outros sons “top”. Há mais bandas que DJs. Nesta sexta, a casa recebe Gil Bala, o fenômeno dos paredões de som da Paraíba, e proclamado “Rei do Batidão”. Tem ainda o som do Forró Xegado. E mais rodadas de tequila free até 1h. Mesas e Camarotes: 98849-1234.

Da matinês ao baile funk, os espaços ara dançar oficiais e alternativos apostam na mistura de rimos e na criatividade
Da matinês ao baile funk, os espaços ara dançar oficiais e alternativos apostam na mistura de rimos e na criatividade

No sábado tem André Luvi com o show “Sem Limites”, tocando três horas de todos os ritmos. E pra completar, o veterano DJ Lobo Mau tocando uma mistura de funk e reggaeton para as massas. E no domingo, uma estréia na casa: matinê na Pink com o Baile do DJ Leo Carioca, das 17 às 21h30. Uma balada pensada para a moelcada de 13 a 17 anos, em um lugar seguro, confortável e, importante, sem venda de bebida alcoólica. A noite terá ainda a Balada Beat. Onde: Av. Hermes da Fonseca, 754. Tel.: 98849-1234.

A Wood's, em Ponta Negra, é outra casa noturna de grife nacional, que tem o sertanejo como som principal. A versão natalense vai além, e também sintoniza com os gostos de sua clientela jovem. A sexta terá axé baiano, com Rafa e Pipo Marques em uma noite de prévia para o Carnatal; o grupo Som e Balanço completa a noite com pagode. E no sábado, a pista deixa o sertanejo e vai cair no pancadão carioca: O Baile da Woods terá entre as atrações o estourado MC Rahell, que traz para a capital potiguar o sucesso “Vai dar PT”. A banda Pretta e o Forró Estribado completam o line-up da noite. Informações e reservas pelos 99905-0100 (whatsapp) e 3236-2886.

A Vogue, em Candelária, é a casa LGBT mais antiga em funcionamento na capital potiguar. São 20 anos de balada. O som é eclético e popular, indo do forró e sertanejo ao dance/pop, bem ao gosto natalense. Hoje (14) é dia de Sexta Pop, onde os shows imperam ao som de Robson Paiva e Gisele Alves, Alana, Cristal, Vitta Dias e Luan Sobral. Entrada free até 23h30 e caipirinha clonada. No sábado, destaque para o forró com Luciene Melo, ex-Magníficos, além de Júnior Bahya e banda, e os DJs Luan Sobral e Mara Kelly. Entrada: R$15 até 23h30. Tel.: 3207-4745/98852-0014.

As drag queens e simpatizantes fizeram do Enigma Hall, em Ponta Negra, um porto seguro para quem curte montações e pop dançante. Nesta sexta (14) tem a festa Glitter Night, às 22h, que vai alternar discotecagens e performances de drags locais. O som ficará a cargo de Gabriel Borgado (PB), DJ Sapão (PB), Brenno Augusto, Vitta Dias, Potyguara Bardo, Dan Valentim, e Lucy Garnet. Terá uma hora de open bar de “drink Enigma”. Entrada:  R$10.

A drag queen Potyguara Bardo vai animar o baile da Enigma
A drag queen Potyguara Bardo vai animar o baile da Enigma

No sábado terá uma balada beneficente, o After do Koruja Solidarius, em prol do Lar da Vovozinha, a partir das 21h. A noite abrirá com o som acústico de Alan Persa, seguido pelos DJS Icaro ferraz, Echos, Drizzle, Koruja, Pandora, Rafael Cortez, Slanout, e Angel of Demon. Entrada: R$10 e 1kg de alimento. Sem alimento: R$30. Onde: Rua Doutor Manoel A. B. de Araújo. Mais informações pelo 98735-1340.

Bares dançantes
Iniciativas de festeiros abnegados transformaram vários bares da cidade em pistas de dança badaladas. O Ateliê Bar, na Ribeira, tem uma das agendas mais ativas da noite local. As festas são bem humoradas, ecléticas e calientes. Assim é a 2ª edição da BabyDoll, hoje (sexta), a partir das 21h. No som terá pop, pagode antigo, brega e funk, ao som de Vitória Real, Som Lá, Raphael Dumaresq, Jaiara Fontes, e Lucas D'Medeiros. Entrada: R$20.

Quer bailar? Então a festa Caribou agitará o Ateliê neste sábado, às 22h. Vão rolar cumbias, carimbós e outros ritmos quentes ao som da banda Skarimbó e da festejada Orquestra Greiosa, o Grêmio Etílico Carnavalesco que não deixa a folia terminar. O grupo é composto por integrantes de várias bandas natalenses do circuito alternativo. Terá ainda uma discotecagem especial só com sonoridades caribenhas.

O Galpão 29, na Ribeira, patrimônio das baladas na área, está retomando sua agenda de festas após um tempo parado. Neste sábado (15) terá a LDRV Party, a partir das 21h, uma festa pop para meninas. No som estarão Rainha Matos, Luccas, Cristal Pervenche, Dan Valentim, Duo Monster, e Amanda Lisboa. Terá performances de Gabs&Vctr, e Tori Cold & Chloe Zahara. Entrada: R$25 (na hora).

A banda Skarimbó embala a festa Caribou, no Ateliê
A banda Skarimbó embala a festa Caribou, no Ateliê

As guitarras abriram a pista para os beats: o DoSol, tradicional reduto roqueiro da Ribeira, está sob nova gerência e vai estrear  sexta (14) a sua noite eletrônica mensal, a Ctrl+N # 1. A festa promete “músicas novas e autorais, pesquisas avançadas, baladas quentes, jazz eletrônico, resíduos sonoros e ruídos dançantes”. Serão três duos de DJS se revezando: Pedras e Necro, Dante e Tnox, Ivaney e Jnth, além de live pa de Pedras Leão. Entrada: R$15.

O  Alchemist, na Ribeira, divide seu disputado balcão de bar com a pista de dança em eventos variados. O clima de “inferninho” da casa ajuda na vibe das baladas. Nesta sexta terá a Sargassum, uma festa “tropical-multi-sensorial” com vários ritmos quentes para dançar. Nas picapes estarão Saymon Silva (funk e tecnobrega), Itsaskunk (rap, brega e funk), Nello Boratto (techno e house), Thuili ( hip hop), e Guilas (trance e brasilidades). Entrada: R$10. 

O Casanova Eco Bar, em Candelária, mantém sua varanda cheia, colorida e animada durante todo o fim de semana. As festas pop e ecléticas (toca de tudo) do bar ditaram tendência na noite da cidade. Neste sábado terá a edição de férias da Bangerz, uma das festas mais populares da casa. No som, Ciara LeGlam, Allan César, Júlio Alves vs. Eduardo Guerreiro, Felipe Raulino, Mateus Cândido, e Monizza. A parte etílica também é farta: shots de jurubeba, champanheira de catuaba, e drinking games. Entrada: R$30 (na hora).

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários