De 2011 a 2015, comissionados cresceram 200%

Publicação: 2016-08-19 00:00:00
A+ A-
A Auditoria apontou que “a variação na quantidade total de servidores da Assembleia se dá em função da quantidade de cargos comissionados. No período analisado – janeiro de 2011 a dezembro de 2015 – percebe-se que o comportamento da curva total denotou um considerável crescimento de mais de 100% no quantitativo total de servidores (saindo de 1.465 em janeiro de 2011 para 3.204 em dezembro de 2015), por sua vez, a quantidade de servidores comissionados saltou de 844 para 2.610 no mesmo período. Isso representa um aumento de mais de 200%.

Noutro sentido, ao considerar os valores referentes ao mês de dezembro de 2015, só o número de comissionados já representou bem mais da metade da quantidade total de servidores da Assembleia, perfazendo 81%. Isso, levando-se em consideração servidores ativos, inativos e eletivos. Assim, percebe-se que nos últimos cinco anos, a Assembleia Legislativa do RN apresentou um crescimento exponencial no quantitativo de servidores, o que representou em termos percentuais um incremento de 118% (cento e dezoito por cento) na quantidade de servidores em seu quadro funcional.

No mês de novembro de 2015, foram pagos, no total, R$ 18.914.016,10 na folha de pagamento, na seguinte proporção: comissionados 48,83%, efetivos 33,50%, aposentados 13,19%, eletivos 3,42% e cedidos 1,06%. Alguns gastos com pessoal não foram contabilizados como despesa com pessoal para fins desse demonstrativo no quadrimestre em que a análise foi aprofundada (terceiro quadrimestre de 2015), tendo sido detectada a ocorrência de aproximadamente 16 milhões de reais em despesas com pessoal não computadas”.