Política
Decisão sobre o Carnaval fica para a próxima semana
Publicado: 00:00:00 - 12/01/2022 Atualizado: 23:33:36 - 12/01/2022
A reunião do prefeito Álvaro Dias (PSDB) com o Comitê Científico de Combate à Covid-19 para discutir a realização ou não o Carnaval entre os dias 26 de fevereiro e 1º de março deste ano, diante da pandemia de coronavírus e do  surto da gripe Influenza em Natal, terminou sendo inconclusiva. Membros do Comitê divergiram sobre a volta do Carnaval patrocinado pela Prefeitura, que não ocorreu no ano passado.

Cedida
Prefeito Álvaro Dias se reuniu com o Comitê Científico Municipal de Combate à Covid-19

Prefeito Álvaro Dias se reuniu com o Comitê Científico Municipal de Combate à Covid-19


Embora o Comité Científico tenha repassado a informação de que tinham apenas oito pacientes internados entre UTIs e enfermarias na rede municipal, havia divergências entre os membros do Comitê sobre a volta do evento, vez que os centros de atendimento estão recebendo em torno de 300 pessoas por dia.

 O prefeito Álvaro Dias ficou de reunir-se outra vez com o Comitê Científico, na próxima semana, ocasião em que será tomada uma decisão definitiva a respeito do retorno do Carnaval de rua, sobretudo os eventos patrocinados pelo município, com a apresentações de bandas e artistas  locais, regionais e nacionais em diversos bairros de Natal.

A decisão sobre a volta ou não do Carnaval terá de sair até a próxima semana, do contrário a Fundação Capitania das Artes (Funcarte), que é responsável por sua organização, não terá tempo suficiente para a contratação de shows artísticos e de toda a infraestrutura necessária para acolher o evento, banheiros químico, palcos e outros equipamentos.

Álvaro Dias já havia antecipado à TRIBUNA DO NORTE, no domingo (09), que a tendência é de não se realizar o Carnaval, exemplificando que em algumas capitais e outras cidades da região Nordeste, como Olinda e Recife (PE), Salvador (BA) também no Rio de Janeiro, o poder público já havia cancelado o Carnaval, o que também ocorreu em diversas cidades do interior do Rio Grande do Norte.

“Existe uma possibilidade real e concreta de que também possamos vir a cancelar pelo menos o Carnaval de rua na nossa cidade”, dizia o prefeito naquela ocasião. 

Além do secretário municipal de Saúde, George Antunes, participou da reunião de ontem à noite,  no Palácio Felipe Camarão,   o médico Fernando Suassuna, que coordena o Comitê Científico.

O último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), na segunda-feira (10), apontava que em Natal havia  106.293 casos confirmados de Covid-19 e 258.872 destacados.

Desde o começo da pandemia, em março de 2020, houve a confirmação de 2.760 mortes por Covid-19 em Natal, enquanto 452 ainda estão sob investigação. Os óbitos descartados foram 395 até o momento.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte