Denúncia do ABC contra o Treze será julgada dia 17

Publicação: 2019-09-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O caso que envolve ABC e o Treze-PB e que pode resultar na alteração dos clubes rebaixados no grupo A da Série C do Brasileiro, foi sorteado para ir a apreciação na segunda Comissão Disciplinar do STJD e a data prevista para julgamento é o dia 17 de setembro. O clube potiguar acusa os paraibanos de uso irregular do treinador Celso Teixeira, no banco de reservas, na partida diante do Confiança. A alegação é que o profissional ainda não estava livre da punição de 30 dias e três jogos imposta a ele, por unanimidade de votos, num julgamento realizado pelo próprio Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Como ainda não foi designado o relator para o processo, ainda não foram eleitos os artigos nos quais o Treze irá ser julgado, mas o ABC espera que ocorra punição idêntica a implementada em caso de   atletas em condições irregulares, o 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

O caso com Celso Teixeira é inédito na história do futebol nacional. Ele será o primeiro técnico julgado no país, depois que a CBF decidiu alterar um artigo do seu Regulamento Geral de Competições, prevendo punições idênticas pela arbitragem para qualquer membro da comissão técnica e os jogadores.

Um fato curioso é que a segunda comissão possui dois potiguares entre os seus relatores: o vice-presidente, Felipe Diego B. Silva (RN), e o ex-presidente do TJD-RN, Francisco Honório de L. Filho (RN). Ainda fazem parte desse grupo de julgadores o presidente, Ivaney Cayres (SP), além dos relatores Sônia Andreotti Carneiro (SP) e Marcelo Vieira (RJ).




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários