Depen reforça contigente e descarta novo confronto de facções em Alcaçuz

Publicação: 2017-03-20 17:18:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) descarta a possibilidade de confronto entre os detentos de facções rivais no Presídio Rogério Coutinho Madruga, o pavilhão 5 de Alcaçuz. Nesta segunda-feira (20), 500 presos que fazem parte do Sindicato do Crime foram transferidos para a unidade e serão mantidos em espaços separados dos integrantes do PCC.

A transferência se deu por causa das intervenções e reformas que serão feitas nos pavilhões 1, 2 e 3. A expectativa é que os detentos comece a retornar para seus pavilhões de origem em 30 dias. Durante o período, o Depen reforçou a equipe que compõe a Força Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) com mais 100 agentes federais.

O risco de confronto entre os presos foi levantado pelo parecer da Coordenaria da Administração Penitenciária (Coape) e por um ofício protocolado pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários.

Porém, em nota, o Governo do Estado afirmou que o contigente de agentes federais, estaduais e de policiais que atuam na penitenciária é suficiente para manter a segurança do local. 

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários