Cookie Consent
Natal
Deputado diz que Natal é exemplo para o mundo por uso de Ivermectina contra Covid-19
Publicado: 12:37:00 - 11/08/2020 Atualizado: 14:27:02 - 11/08/2020
Os números apresentados por Natal no combate ao coronavírus foram destacados pelo deputado estadual Albert Dickson (Pros), em seu pronunciamento nesta terça-feira (11), na sessão virtual da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Na opinião do parlamentar, que é defensor da Ivermectina no tratamento da Covid-19, a capital potiguar tem chance de se transformar em um “case de sucesso para o mundo”, devido ao suposto "tratamento precoce" oferecido pela Prefeitura.
Assessoria da ALRN
Albert Dickson criticou proibição de comercialização do medicamento sem receita

Albert Dickson criticou proibição de comercialização do medicamento sem receita


Leia Mais

"A notícia boa é que os números de Natal têm surpreendido, e Mossoró também. São Gonçalo tem índice de contaminação de 5, Natal tá abaixo de 1. São Gonçalo não fez tratamento precoce, infelizmente. Orientamos, colocamos emendas para distribuir medicamentos, mas o prefeito optou por outro caminho. Em Natal o prefeito concordou com a distribuição da medicação e em Mossoró a prefeita também recebeu emendas para distribuir medicamentos. Upa de Mossoró está zerada, esvaziada. E Natal está com 40% de ocupação. Tratamento precoce dá certo. Natal é case de sucesso para o mundo com o tratamento precoce com Ivermectina", disse Albert.

O parlamentar disse ainda que já foi oficializada a ação popular para derrubar decisão da Anvisa, que limitou a venda da Ivermectina apenas com receita médica. Segundo o deputado, o processo reuniu quase 20 mil assinaturas em apenas três dias. Para Albert Dickson, a população tem dificuldade no acesso ao atendimento médico, e a medicação bloqueada pela Anvisa não apresenta nenhum risco para a saúde dos cidadãos.

Até o momento, segundo o departamento de Infectologia da UFRN, não há nenhum estudo no mundo que comprove a eficácia do medicamento em qualquer estágio da Covid-19, além de também não haver a comprovação da eficácia do uso profilático.



Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte