Cookie Consent
Natal
Descentralização do atendimento é vista como solução
Publicado: 00:00:00 - 20/02/2018 Atualizado: 22:13:02 - 19/02/2018
O Hospital Walfredo Gurgel concentra a maior demanda de pacientes do Rio Grande do Norte. Em todas as alas médicas, é possível encontrar moradores do interior do Estado. Na avaliação da diretora Fátima Pinheiro, melhorar a situação de superlotação passa por oferecer atendimento cirúrgico nos municípios interioranos. “O secretário de saúde (George Antunes) está fazendo um esforço para que municípios do interior passem a realizar esse tipo de cirurgia e desafogue aqui”, afirmou a diretora.

A expansão do Walfredo Gurgel, por outro lado, é visto como mais complicado. O Centro de Recuperação Cirúrgica, que conta com apenas nove macas (também lotadas, o que causa a internação dos 21 pacientes nos centros de cirúrgicos), não pode ser expandido porque “há uma UTI de um lado, e um centro cirúrgico de outro”.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a realização de cirurgias ortopédicas em hospitais do interior é planejada nos municípios de Mossoró – onde o hospital é de gestão municipal, mas conta com um Termo de Cooperação e onde foram repassados R$ 500 mil do Estado para a estrutura dessas cirurgias -, Caicó e Pau dos Ferros. Em Caicó, afirma a Sesap, o Hospital Regional é resolutivo em termos de ortopedia e cirurgias de pequeno porte, atendendo todos os municípios da região do Seridó.

Já em Pau dos Ferros, as cirurgias ainda não tiveram início. A licitação para contratar equipe médica de cirurgião já foi concluída, mas o hospital está em fase de adequação estrutural para receber a demanda. A Sesap não deu prazo para o início das cirurgias.


Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte