Destino da Refinaria Clara Camarão ainda é mistério

Publicação: 2021-02-28 00:00:00
cassiano Arruda CÂmara

Quando o Brasil se achava rico, nos idos de 2010, e havia resolvido instalar super refinarias (duas no Nordeste), o RN ficou fora e foi compensado com uma placa. Em vez de Polo Industrial de Guamaré, colocou-se “Refinaria Clara Camarão”, inaugurada em 2009, com capacidade de refino de 30 mil barris (as refinarias anunciadas tinham capacidade de 500 mil barris), e foram anunciados novos investimentos de U$ 1.8 bilhão, na “Clara Camarão”.

Quando o Brasil caiu na real e entendeu que a Petrobras era a empresa com maior endividamento no mundo, se falou pela primeira vez, em em 2019, em vender a Clara Camarão, no meio de 26 campos terrestres de petróleo e de águas rasas. Os campos foram vendidos, mas a Clara Camarão ficou fora, como estava agora quando a Petrobras anunciou a venda de todas as suas refinarias. O senador JP Prates, que preside uma comissão específica do Senado, provocou o assunto, mesmo a Clara Camarão não estando na lista anunciada de refinarias a venda. 

Desde que se começou a falar nessa venda, o RN teve um único ganho, uma nova palavra no seu universo vocabular:  monopsônio uma forma de mercado com apenas “um comprador para atender a todos os fornecedores.”

Gaspar tem pressa de reabrir hotel Tambaú
Vencedor do leilão para aquisição do hotel Tambaú de João Pessoa, acrescentando “Ocean Palace” a sua marca, o grupo A Gaspar, do RN, pretende realizar a obra de recuperação e adaptação  do imóvel ainda este ano, inclusive com um novo super parque aquático. Depende do julgamento de uma ação de um concorrente derrotado que dificulta a entrega do hotel já comprado, em leilão judicial.

Fábrica de Goianinha faz um mês de funcionamento
A fábrica de embalagens biodegradáveis Sanovo Greenpack completa hoje o seu primeiro mês produzindo, com 100% das atividades iniciadas. É o resultado de investimentos da ordem de R$ 52 milhões e está oferecendo cem empregos diretos.

A fábrica da Sanovo foi construída numa área de três hectares, atuando no segmento de embalagens de polpa, moldada de papel para ovos e frutas. A unidade de Goianinha tem a capacidade de produzir 155 milhões de embalagens, com R$ 25 milhões de faturamento.

Governo do Estado pede licença para o Terminal, 12 anos depois
Iniciado em 2009 para ficar pronto em 2011, o pedido de instalação do Terminal Pesqueiro Público de Natal, finalmente vai ter licença de instalação. O pedido foi formalizado no meio da semana, pela Secretaria de Agricultura.

O Terminal está na lista de privatizações do Governo Bolsonaro.

Localizado na foz do rio Potengi, num terreno da CBTU de 13.500 metros quadrados, o Terminal está literalmente pronto e sem dono, sem lenço, nem documento. A licença do IDEMA para  pode começar a regularização do Terminal, indispensável à privatização.

UFRN tem 33 espaçosComerciais para alugar                
A Universidade Federal, vai realizar, dia 15 de março, licitação para “cessão onerosa” (aluguel em burocratês) de 33 espaços, a maioria deles no Campus Central.

Os espaços se destinam a  exploração comercial tipo cantinas, serviços bancários, serviços gráficos e bancas de revistas.

Os espaços ficam  nos seguintes setores: Escola de Música (EMUFRN), Reitoria, Centro de Biociências (CB), Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET), Centro de Ciências da Saúde (CCS), Ceres Currais Novos e Ceres Caicó, Centro de Tecnologia (CT), Instituto Metrópole Digital (IMD), Setor I, Setor II, Setor III, Setor IV, Setor V, Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM), Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA), Departamento de Odontologia (DOD) e Centro de Convivência. 

Vila dos Sargentos da PM perde morador mais ilustre 
A Vila dos Sargentos da PM, na Praça Deodoro, em Petrópolis, perdeu o seu morador mais ilustre: o deputado Eliabe Marques, que assumiu o mandato em janeiro, com a posse do Prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra.

A Vila é exclusiva para sub-oficiais e sargentos no exercício das funções e o sub-tenente Eliabe assumiu o mandato com a renúncia do Prefeito de Mossoró.

Eliabe, 50 anos, natural de Riachuelo, havia recebido 16.233 votos e ficou 1°  suplente do Solidariedade. Ele é o primeiro praça a assumir um mandato na Assembleia do RN. Construiu sua carreira atuando em entidades representativas na PM, e ocupa a Presidência da Associação de Praças Militares. Na Vila do Sargentos é muito querido e bem relacionando com a vizinhança, inclusive de paisanos. 

Novo quadro do Covid-19 no RN adquiriu uma velocidade maior
Existe um número que, sozinho, mostra a voracidades de como a nova onda do coronavírus chegou no RN: Nos primeiros dois meses de 2021, em 13 municípios, o número de infectados foi maior do que em dez meses do ano anterior.

E na cidade de Carnaúba dos Dantas o número de infectados em 2021 foi  quase o triplo de 2020. Até dezembro de 2020 foram 117 infectados. Até o dia 21 de fevereiro, já eram 375, um aumento de 221%. Dos 167 municípios, 45 tiveram aumento de mais de 50%.

A exceção é Barcelona sem registro de nenhum caso em 2021.

Em 2020 foram feitas 41 notificações. Natal registrou aumento de 45%; de 10.606 para 15.395. O que explica a super lotação nos hospitais, insuficientes para atender a demanda

Lado B da Operação Lava Jato começa a aparecer no RN
Quando surgiu, a indústria fotográfica amplificando a penetração da música popular com suas gravações, no século passado, os primeiros discos  - 78/rpm - tinham espaço para, apenas, duas músicas. A destinada ao sucesso, no “lado A”; e outra, no “lado B”, que não era divulgada e, na maioria das vezes, entregue ao esquecimento.

É mais ou menos como o que acontece com a sua cobertura jornalística, nesses últimos cinco anos. Como aqui tem o caso dos principais atores da Lava Jato tramando contra um magistrado, o hoje ministro Ribeiro Dantas, potiguar, do Superior Tribunal de Justiça ,que foi vitima de um conluio do juiz Sérgio Moro, com o procurador Deltan Dellagnol, da Força Tarefa do Lava Jato. A imprensa, que foi conivente da massificação do Lava Jato no “lado A”, não pode continuar escondendo o “lado B”, inclusive aqui no RN.

Nova tiragem do livro de De Paula canta o sucesso
Uma nova tiragem do livro “Eu Sou, Eu posso”, mostra o autor como “best seller” e destaca o fato de ter sido o livro mais vendido, em Veja, e 4º lugar no no Publinews.










Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.