Destinos mais buscados na rodoviária são Caicó, Mossoró e Pau dos Ferros

Publicação: 2020-02-22 12:52:00
A+ A-
A manhã de sábado (22) foi de grande movimento no Terminal Rodoviário de Natal. Os destinos mais procurados dentro do Rio Grande do Norte são Caicó, Mossoró, Alexandria e Pau dos Ferros.  Fora do estado, Recife e Salvador. Uma curiosidade neste carnaval é que Fortaleza, outro importante destino, dessa vez teve um procura abaixo dos outros anos.
Créditos: Adriano AbreuNatalenses embarcam para o carnaval em cidades do RNNatalenses embarcam para o carnaval em cidades do RN
Na rodoviária de Natal, expectativa é de que pelo menos 75 mil passageiros desembarquem e embarquem 
até a quarta-feira de cinzas

“Pela primeira vez o número passageiros indo e vindo de Fortaleza ficou equivalente. Acho que pelas notícias recentes da greve dos policiais”, disse o gerente do Terminal Rodoviário de Natal, Rodrigo Wanderley. “Outra surpresa é Macau, que vinha com a demanda caindo, mas que neste ano teve grande procura”.

O administrador da Rodoviária comenta que a expectativa é de que pelo menos 75 mil passageiros desembarquem e embarquem no local até a quarta-feira de cinzas. “Podemos chegar até 200 horários extras para atender a demanda”, afirma. “Natal tem ano a ano recebido mais gente no Carnaval, mas o número de pessoas saindo da cidade ainda é bem maior. Mas não temos como ter uma noção exata porque muita gente pega ônibus nos pontos fora da rodoviária”.

Rodrigo atenta para outro fato muito comum neste período, que é a perda de bagagem. “Uma dica é que os passageiros coloquem o nome nas bagagens, para melhor identificação no Achados e Perdidos. Tem se acumulado muito material com a gente”. 
Para mais informações sobre viagens intermunicipais e interestaduais, a população pode acessar o www.rodoviarianatal.com.br. No site é possível desde comprar passagens, até saber o que é preciso para permitir a viagem de menores desacompanhados, bem como detalhes para viagens com animais de estimação, e verificar que tem direito à gratuidade e meia tarifa.

Deixe seu comentário!

Comentários