Natal
Detento assume autoria de homicídio em Alcaçuz
Publicado: 08:47:00 - 22/04/2010 Atualizado: 10:15:11 - 22/04/2010
Alexandro Teodosio da Silva Pessoa, que teria confessado a autoria do crimeO detento Alexandro Teodósio da Silva Pessoa, segundo a direção da penitenciária estadual de Alcaçuz, em Nisía Floresta, Grande Natal, foi o responsável pela morte de André Pereira dos Santos, preso assassinado na manhã de ontem, dentro da cela 01, do pavilhão 1 do presídio. Alexandro, que já cumpre pena por homicídio, teria confessado a autoria do crime ainda na noite de ontem, após a pressão de outros detentos.

"Ele procurou os agentes penitenciários e assumiu o homicídio. Provavelmente, foi pressionado pelos outros presos para fazer isso", afirmou o diretor do presídio, o capitão José Deques. A pressão dos detentos para que ele assumisse a morte teria sido consequência da decisão da direção de Alcaçuz de suspender os banhos de sol e as visitas até que o culpado se entregasse.André Luiz Pereira dos Santos, assassinado ontem, em Alcaçuz

Alexandro deve ser ouvido ainda hoje pela delegacia de Nísia Floresta, que investiga o assassinato. Até o momento, ele não explicou porquê matou o colega de pavilhão. André Pereira, conhecido como André Magrão, foi morto no início da manhã de ontem, com duas facadas do lado esquerdo do peito, uma logo abaixo da outra.

Preso é morto por companheiros de cela em Alcaçuz

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte