Dia de São José tem poucas chuvas, mas Emparn prevê bom inverno

Publicação: 2017-03-20 14:49:00 | Comentários: 0
A+ A-
Um Dia de São José com poucas chuvas no Semiárido do Rio Grande do Norte, nesse domingo (19). Mas os cientistas dizem que há motivo para manter o otimismo porque as previsões apontam para uma retomada das chuvas abrangendo quase todo o Rio Grande do Norte a partir do final deste mês e início de abril.

Se a crença de boas chuvas no dia 19 não se consolidou para os devotos da maioria dos municípios potiguares, vem da Emparn a informação sobre o reordenamento da Zona de Convergência Intertropical que trará de volta as chuvas necessárias à manutenção da previsão feita em fevereiro — inverno normal ou acima da média.
Maior volume de chuva foi registrado no município de Campo Grande
As chuvas foram restritas a alguns municípios da região Seridó no último domingo. Ficou restrita a alguns municípios localizados nas regiões do Vale do Açu e parte do Seridó Potiguar. O céu até ficou bastante nublado, e o calor parecia sinalizar um fim de tarde de boas precipitações. Ela não veio para boa parte do Estado, mas a esperança se mantém. Na zona rural, que há dois meses predominava o cinza do vegetação castigada por cinco anos de seca, a cor verde toma conta e enche os olhos do camponês.

Segundo o Boletim Pluviométrico da Emparn, dos 198 postos de monitoramento existentes, foi registrada chuva em 38. O maior volume de precipitações aconteceu no município de Campo Grande, com 39,2 milímetros de chuva.

O mês de março — primeiro da quadra chuvosa para o semiárido — tem possibilitado a cheia de alguns açudes e barreiros na zona rural. O pasto se ergueu e, com alimento para os rebanhos, a lida diária até diminuiu. Para o pequeno agropecuarista há um misto de esperança e apreensão a cada veranico. Quem plantou espera a regularidade das chuvas para manter o desenvolvimento das lavouras.

As serras e vales se cobriram de uma imensidão verde. Apesar da beleza, os moradores da zona rural ressaltam que a continuidade das chuvas é fundamental para aumentar esse pasto e garantir que, terminada a estação os rebanhos tenham condições de sobreviver até o ano de 2018. em alguns municípios, as prefeituras têm oferecido maquinário para o preparo das terras, algo necessário ao plantio. Diferente do que ocorria há uma ou dua décadas, nem sempre há quem queira plantar. Os roçados e vazantes são cenas menos comuns e, quando existem, têm também dimensões menores.

“Teremos mais alguns dias com poucas chuvas, ou com precipitações mais esparsas. No entanto, entre o final deste mês e início de abril, elas voltam para praticamente todo o Rio Grande do Norte. Também teremos chuvas para essa região da capital”, disse Gilmar Bristot, gerente do serviço de Meteorologia da Emparn.

De acordo com as previsões feitas a partir do consenso entre os meteorologistas reunidos em fevereiro, as chuvas desta quadra chuvosa serão mais intensas em regiões como o Alto Oeste e Vale do Açu. Já em áreas como o Seridó, Agreste e Litoral as precipitações devem ser mais escassas. A média de chuvas no semiárido para os meses de março, abril e maio deve girar em torno de 500 mm, o que não seria suficiente para encher os grandes reservatórios, mas garantiria uma boa recarga de água nas pequenas bacias.

Veja o boletim de monitoramento pluviométrico:


MESORREGIAO OESTE POTIGUAR 
Campo Grande(Particular  2)                              39,2
Parana(Emater)                                           21,3
Frutuoso Gomes(Emater)                                   20,0
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura)                          15,0
Tenente Ananias(Emater-st Mororo)                        15,0
Sao Rafael(Particular Ii)                                10,1
Riacho De Santana(Emater)                                 9,0
Ipanguacu(Base Fisica Da Emparn)                          8,5
Luis Gomes(Delegacia)                                     8,0
Francisco Dantas(Emater)                                  7,0
Vicosa(Prefeitura)                                        6,7
Major Sales(Prefeitura)                                   5,1
Janduis(Emater)                                           4,8
Olho D'agua Dos Borges(Particular)                        4,0
Rafael Godeiro(Emater)                                    3,7
Dr. Severiano(Emater)                                     2,7
Messias Targino(Prefeitura)                               2,2
Parau(Prefeitura)                                         2,2

MESORREGIAO CENTRAL POTIGUAR
Fernando Pedroza(Emater)                                 31,9
Florania(Sitio Jucuri)                                   26,8
Equador(Particular)                                      24,9
Angicos(Prefeitura)                                      21,4
Florania(Inemet)                                         17,0
Ouro Branco(Sindicato Trab.rurais)                       12,5
Santana Do Matos(Emater)                                 12,5
Caico(Batalhao)                                          10,0
Sao Jose Do Serido(Associacao Usuarios Agua)             10,0
Sao Joao Do Sabugi(Emater)                                5,0
Sao Jose Do Serido(Fz Caatinga Grande)                    4,5
Jardim De Piranhas(Prefeitura)                            4,0
Carnauba Dos Dantas(Emater)                               3,8
Jardim Do Serido(Emater/passagem)                         2,3
Acari(Particular)                                         2,0

MESORREGIAO LESTE POTIGUAR
Extremoz(Emater)                                          3,0
Natal                                                     1,1
Senador Georgino Avelino(Particular)                      0,7
Baia Formosa(Destilaria Vale Verde)                       0,4
Ceara Mirim(Prefeitura)                                   0,4


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários