Diá elogia ABC, mas faz críticas ao palco do jogo

Publicação: 2020-09-22 00:00:00
Para o treinador Francisco Diá a partida de estreia na Série D deu bem uma visão daquilo que o clube terá de enfrentar para conquistar o acesso para Série C. Em entrevista recente, ele classificou a ascensão dentro da Série D, uma tarefa bem mais difícil que a encontrada na Série C para B. O comandante alvinegro reconheceu a boa partida que a sua equipe realizou, mas não poupou críticas as condições que alguns centros oferecem para realização de uma partida de futebol. 

Créditos: Adriano Abreu

“É contra tudo e contra todos. Um jogo como esse, um campo ruim, em péssimo estado, uma arbitragem complicada, isso é um absurdo. Série D é assim. Tem que ser guerreiro. Viemos para ganhar, jogamos bem, mas também tivemos oportunidade para matar e não concluímos em gol. Aí no final, o árbitro viu uma penalidade absurda e deixamos escapar o resultado”, criticou. 

Com o próximo compromisso marcado apenas para domingo, dia 27, às 16 horas, contra o Jaciobá-AL, o comandante alvinegro pretende reforçar o trabalho de conclusões, mas acredita que a equipe já deverá mostrar alguma evolução, dentro dessa nova formação.  

Dois jogadores considerados como titulares no grupo, os atacantes Wallyson e João Paulo, ainda não estrearam, ambos ficaram em Natal trabalhando a parte, poupados por Francisco Diá, que sabe da importância de conquistar um bom resultado na estreia como mandante. 
“Não tem jogo fácil, mas em uma competição como a Série D tem que fazer o dever de casa, vencer dentro do Frasqueirão, para brigar pela classificação”, destacou. Sousa Tibiri, que fez sua estreia com a camisa abecedista marcando o gol.