Dione está pronto para o desafio

Publicação: 2019-11-07 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O meia Dione que se transferiu do ABC para o América, disse que chega ao novo clube preparado para enfrentar a pressão de tirar o Alvirrubro da Série D do Brasileiro. Ele se disse ciente de tudo que está ocorrendo e espera ter sucesso nessa passagem pelo Alvirrubro. O atleta negou a ocorrência de qualquer tipo de atravessamento da diretoria americana em relação a sua negociação com o Alvinegro, ressaltando que sequer chegou as suas mãos alguma proposta para renovação.

Mesmo com facilidade de atuar pelos lados do campo, Dione disse preferir ser escalado no meio-campo, onde gosta mais de atuar
Mesmo com facilidade de atuar pelos lados do campo, Dione disse preferir ser escalado no meio-campo, onde gosta mais de atuar

Dione esclareceu que foi apenas procurado por um dirigente abecedista, dizendo que iria formular uma proposta visando a prorrogação contratual.

“Não cheguei a receber uma proposta, não me foi apresentado nenhum valor. Soube por um dirigente apenas que eles iriam me procurar, mas não falaram mais nada. Disseram que iriam me apresentar um valor, mas este nunca chegou as minhas mãos. Na verdade nem considero que cheguei a receber proposta do clube”, esclareceu o atleta.

Com relação ao acordo com o América, Dione disse que ao saber do interesse alvirrubro,  buscou informações com alguns colegas que já haviam defendido o clube e diz ter recebido boas informações.

“Me falaram muito bem sobre o América e antes de fechar tive uma conversa com o meu empresário, que aprovou a transferência e agora estou pronto para lutar junto com os americanos pelos objetivos para 2020”, ressaltou.

O jogador que chega como um dos destaques do grupo, disse que apesar de ter atuado apenas uma vez numa Série D, não mostra receio em estar numa das equipes que irá entrar na competição carregando uma espécie de obrigação de conquistar uma das vagas de acesso, não apenas pelo nome que possui no cenário nacional, mas devido ao tempo que vem batalhando sem obter sucesso, o que torna a torcida ainda mais exigente.

“Sei da responsabilidade, tanto a diretoria quanto os torcedores esperam conquistar o acesso. Tive a chance de jogar apenas uma Série D, a responsabilidade vai ser muito grande, é uma competição difícil, mas se a gente trabalhar mesmo com foco no objetivo, no final tudo acaba saindo bem e nosso time conquistará esse acesso tão sonhado por todos”, destacou.

 Ele acredita que não terá muitas dificuldades para se adaptar ao esquema de Waguinho Dias, pois atua tanto como meia de organização das jogadas, como também no ataque. 

“Jogo tanto centralizado, quanto aberto nas pontas. Mas gosto mesmo de atuar como o armador de jogadas no meio-campo. Acredito que atuando como armador eu posso render bem melhor e ajudar mais a  nossa equipe”, frisou Dione.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários