Natal
Distanciamento social será mantido no RN, garante Sesap
Publicado: 12:52:00 - 17/04/2020 Atualizado: 13:18:09 - 17/04/2020
Luiz Henrique Gomes
Repórter

O secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, afirmou na tarde desta sexta-feira (17) que as medidas de distanciamento social no Rio Grande do Norte serão mantidas independente da mudança do Ministério da Saúde. A avaliação do titular da Sesap é de que as medidas se mostram efetivas e ainda está cedo para o relaxamento. Nas últimas 24 horas, 63 novos casos de coronavírus foram registrados no estado.
Magnus Nascimento
Sesap concedeu coletiva nesta sexta-feira

Sesap concedeu coletiva nesta sexta-feira



Leia Mais


O secretário afirmou que provavelmente o decreto das medidas de isolamento, válido até o dia 23 deste mês, será renovado. "Existe um comitê técnico analisando a situação e até o dia 23 devemos ter uma posição sobre isso, mas já tivemos uma situação melhor de distanciamento social aqui", afirmou Maia.

Na quinta-feira, 16, o secretário estadual da Educação, Getúlio Marques, adiantou que o decreto de paralisação das aulas - um dos primeiro de distanciamento social no RN - seria prorrogado. A prorrogação da quarentena é uma medida adotada em outros Estados brasileiros, como São Paulo, e tem mais rejeição em outros, como Minas Gerais.

O ideal para o secretário é alcançar um patamar de 60% da população cumprindo distanciamento social. Entretanto, o percentual das últimas semanas mostrou um cumprimento de 40% a 50%. Para o secretário, esse percentual foi alcançado graças aos decretos em vigor.

A recomendação do distanciamento social da Sesap é pela adoção por todos os moradores. Em nível federal, essa recomendação gerou conflito entre o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o presidente Jair Bolsonaro, que defende o distanciamento apenas para as pessoas do grupo de risco.

Mandetta foi demitido nesta quinta-feira, 17. O médico oncologista Nelson Teich assumiu o cargo.

Leia também