Dnit interdita trecho da BR-101, em Natal, por 10 dias

Publicação: 2019-12-05 00:00:00
O Departamento Nacional de Infraestrutura no Estado do Rio Grande do Norte (Dnit) anunciou o bloqueio por período de dez dias o tráfego de veículos nos retornos sob o viaduto próximo à avenida Abel Cabral, na BR-101, a partir das 22h desta quarta-feira (4).

Créditos: Adriano AbreuA indicação do Dnit é que os motoristas utilizem os retornos sob o viaduto de Neópolis e a passagem da avenida Maria LacerdaA indicação do Dnit é que os motoristas utilizem os retornos sob o viaduto de Neópolis e a passagem da avenida Maria Lacerda
A indicação do Dnit é que os motoristas utilizem os retornos sob o viaduto de Neópolis e a passagem da avenida Maria Lacerda

De acordo com o órgão responsável pelas obras de infraestrutura do trânsito, o objetivo do bloqueio é implantar de forma definitiva a alça de retorno no sentido Natal-Parnamirim.

A indicação por parte do Dnit é que os motoristas utilizem os retornos sob o viaduto do bairro de Neópolis, próximo ao Sam's Club, e a passagem inferior na altura da avenida Maria Lacerda, em Nova Parnamirim.

Interdições
Os trabalhos de restauração da pista principal da BR-101/Sul entre Natal e Parnamirim, em Emaús, iniciaram no mês passado. O serviço está sendo feito entre às 22h e 5h, horário de menor fluxo de trânsito. Os trabalhos fazem parte do pacote de obras iniciadas em 2015 na rodovia federal, com o objetivo de tornar a estrada uma via expressa. Para este serviço, os custos são de R$ 8,5 milhões.

Os serviços são tocados pela Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit). De acordo com o órgão, os trabalhos serão executados em dias úteis no período das 22h às 5h, aos sábados das 12h às 19h e aos domingos das 7h às 14h. Por causa disso, nesses horários o trânsito é desviado para as vias marginais.

Em um primeiro momento, a obra conta com a execução da fresagem (remoção) de 3,0 cm da camada de pavimento existente, para posteriormente a rodovia receber nova camada asfáltica.

Os serviços estão feitos em vários locais das duas cidades: Viaduto de Emaús, passarela do aeroporto, prolongamento da avenida Prudente de Morais, Viaduto Trampolim da Vitória, passarela do aeroporto, avenidas Maria Lacerda e Abel Cabral, Monumento dos Reis Magos, viaduto de Neópolis, entre outros trechos.

O pacote de obras da BR-101/Sul foi iniciado em 2015 pelo Dnit e tem o objetivo de transformar a pista numa rodovia expressa. A obra de requalificação vai desde o bairro de Neópolis, em Natal, até o centro de Parnamirim.  São quase 14km de rodovias que passaram por obras.

Orçada originalmente em R$ 71 milhões, a requalificação da BR-101 engloba a construção de cinco viadutos, duas passagens inferiores, 52 paradas de ônibus, vias marginais nos sentidos da pista e seis passarelas entre os municípios de Natal e Parnamirim. Concluídas, as expectativas do órgão é de que a velocidade média dos veículos que trafegam pela pista aumente de 60km/h para 80km/h, ampliando a capacidade de tráfego de 12 mil para 20 mil/dia.

Após concluído esse serviço, o Dnit informou que outras obras ficarão pendentes: Sinalização horizontal e vertical, paisagismo, calçadas e passarelas. De acordo com a assessoria de imprensa do Dnit, há um calendário para a instalação das passarelas de pedestres. A do Parque Aristófanes Fernandes será instalada em janeiro de 2020, em frente a rua Rio Negro. Já o retorno do viaduto do Parque tem duas pendências: sinalização horizontal e vertical, com previsão para dezembro deste ano.